1ª PÁGINA


GNR actuam em Toronto em Junho

Depois de mais de duas décadas, o famoso grupo português regressa ao Canadá para um concerto único na América do Norte

Não são muitas as bandas por esse mundo fora que se podem vangloriar de terem durado mais do que apenas alguns anos, mas os GNR não só estão juntos há mais de três décadas, como continuam a ter um papel de relevo na cena musical e a produzir êxitos para as várias gerações dos seus fãs.

Formados em 1981, os GNR - Grupo Novo Rock emergiram do caos político da década de '70, num período de renascença artística, e desde logo começaram a compor temas originais na área do rock alternativo através dos quais conquistaram a atenção dos jovens que usufruíam da sua nova liberdade cultural.

No espaço de quatro anos firmaram-se como uma das mais irreverentes bandas do país e com o êxito do single "Dunas" foram projectados para uma nova dimensão de sucesso, sem precedentes em Portugal. E estavam eles ainda a começar.

Ao longo das próximas três décadas viriam a gravar êxitos atrás de êxitos, incluindo clássicos como "Morte ao Sol", "Sangue Oculto", "Asas (Eléctricas)", "Bellevue", "Efectivamente", "Vídeo Maria", "Sub-16", "Ana Lee", "Pronúncia do Norte", "Popless", e "Mais Vale Nunca", entre muitos outros.

Ainda hoje continuam a lançar composições bem escritas e de relevo, e, ao vivo, os seus fãs podem deliciar-se nos seus concertos cheios de clássicos de sucesso.

Após mais de duas décadas desde que aqui actuaram pela primeira vez, a banda regressa este mês a Toronto, para um único espectáculo no continente norte-americano, proporcionando aos seus fãs a oportunidade de cantarem com eles a banda sonora da sua vida.


Voltar a Sol Português