1ª PÁGINA


Covid-19: Pandemia matou pelo menos 4,7 milhões de pessoas em todo o mundo

A pandemia provocada pelo novo coronavírus já fez pelo menos 4.771.320 mortos em todo o mundo desde que foi notificado o primeiro caso na China, segundo o balanço diário da agência France-Press.

Mais de 233.239.040 pessoas foram infectadas pelo novo coronavírus em todo o mundo, segundo o balanço, feito às 10:00 TMG de ontem (30) com base em fontes oficiais.

Na quarta-feira, registaram-se 9.763 mortes e 491.301 novas infecções, segundo os números coligidos e divulgados pela agência.

Os países que registaram mais mortes nesse dia foram os Estados Unidos (2.543), Rússia (867) e Brasil (676).

Os Estados Unidos continuam a ser o país mais afectado, tanto em número de mortes como de infecções, com um total de 695.116 mortes e 43.349.448 casos, segundo os dados da universidade Johns Hopkins.

Depois dos Estados Unidos, os países mais afectados são o Brasil, com 596.122 mortes e 21.399.546 casos, a Índia, com 448.062 mortes (33.739.980 casos), o México, com 276.973 mortes (3.655.395 casos) e a Rússia, com 207.255 mortos (7.511.026 casos).

Entre os países mais atingidos, o Peru é o que apresenta o maior número de mortes em relação à sua população, com 605 mortes por cada 100.000 habitantes, seguido pela Bósnia (322), Macedónia do Norte (319), Hungria (312), Montenegro (306) e Bulgária (298).

Em termos de regiões do mundo, América Latina e Caraíbas totalizaram 1.488.310 mortes para 44.897.739 casos, Europa 1.310.047 mortes (67.686.268 casos), Ásia 839.029 mortes (53.870.005 casos), Estados Unidos e Canadá 722.887 mortes (44.966.680 casos), África 210.361 mortes (8.291.809 casos), Médio Oriente 198.528 mortes (13.349.108 casos) e Oceânia 2.158 mortes (177.438 casos).

O balanço foi feito com base em dados obtidos pela AFP junto das autoridades nacionais e informações da Organização Mundial de Saúde (OMS).

Devido a correcções feitas pelas autoridades e a notificações tardias, o aumento dos números diários pode não corresponder exactamente à diferença em relação aos dados avançados na véspera.


Voltar a Sol Português