COMUNIDADES EM FOCO


Primos luso-canadianos socorrem lavadores de vidros num prédio no centro de Toronto

Dois luso-canadianos ajudaram a salvar dois lavadores de vidros num edifício na baixa de Toronto quando a plataforma onde se encontravam cedeu e caiu do 20.º andar.

De acordo com o jornal Toronto Star, que dá conta do ocorrido na edição de sábado (26), os dois bons samaritanos, Tony Estrela e o primo, Daniel Vieira, estavam a almoçar perto da intersecção das ruas Yonge e Eglinton enquanto observavam os dois trabalhadores que lavavam as janelas no edifício da estação de televisão TVO, situada do outro lado da rua.

Os lava-vidros pareciam estar a ter dificuldades em elevar a plataforma de trabalho em que se encontravam devido a uma corda que ficou presa numa saliência quando, de repente. dois cabos de suporte rebentaram e a plataforma se despenhou duma altura de quase 20 andares.

Por sorte ninguém se magoou, mas os lava-vidros ficaram pendurados pelas cordas de segurança e em situação difícil.

Tony Estrela diz que se virou imediatamente para o primo e lhe disse para telefonar para o número de emergência, 911, e de seguida ambos atravessaram a rua com mais três colegas da firma Priestly Demolition e abordaram um segurança do edifício, a quem explicaram a situação e pediram acesso ao telhado para prestarem auxílio.

Ao chegarem ao telhado verificaram que o trabalhador que estava mais acima se tinha conseguido içar para o parapeito de uma janela, mas o outro continuava numa situação periclitante.

Daniel Vieira e os colegas viram que a corda de segurança estava retesada contra a esquina de cimento do edifício pelo peso do homem e temeram que se o puxassem assim a corda se pudesse desfiar e dar de si, por isso decidiram que Daniel ficaria a afastar a corda para que os outros o pudessem puxar para um parapeito, como o colega o que levou cerca de dois minutos.

Entretanto a situação atraiu a atenção do canal noticioso de televisão CP24, que colheu imagens da equipa de emergência a puxar os homens para dentro do edifício após terem partido um vidro.

No dia seguinte os lava-vidros voltaram ao local para falar com funcionários do Ministério do Trabalho e aproveitaram para visitar o grupo de trabalhadores da companhia de demolição e agradecer-lhes por os terem ajudado a salvar.


Voltar a Comunidade em Foco


Voltar a Sol Português