1ª PÁGINA


Final da 11.ª edição do Concurso de Cantores

Por Pricy Barros
e Noémia Gomes
Sol Português

Cerca de mil pessoas assistiram sábado (29) à grande final do Concurso de Cantores com John Santos (SCJS, na sigla em inglês), um espectáculo emocionante que coroou as vencedoras desta que foi a 11.ª edição da popular competição nascida no seio da comunidade portuguesa.

Em prova no palco do Centro de Convenções Pearson, em Brampton, estiveram dez finalistas, repartidas pelos escalões juvenil (Victoria Raimundo, Melanie Cabral, Carolyn Hao, Melissa Clement e Kayleigh Cerezo) e adulto (Jessica Towler, Raquelle, Keeana Cerezo, Angel Machado e Camille Mendoza).

Com valiosos prémios em disputa, incluindo a gravação de um CD, seriam coroadas duas vencedoras: Melissa Clement no grupo juvenil e Keena Cerezo no grupo adulto, sagrando-se em segundo lugar, respectivamente, Kayleigh Cerezo e Raquelle.

Tal como o resultado final indica, Keena Cerezo e Kayleigh Cerezo, duas irmãs filipinas, arrasaram nesta edição do concurso, uma situação inédita que por pouco não levava ambas a sagrarem-se vencedoras.

O espectáculo abriu com um dueto entre os organizadores da competição, John Santos e a esposa Lisa Santos, na interpretação do tema "Best Day of my Life", acompanhados pela orquestra do SCJS e aos quais se juntaram também as finalistas.

Ao longo do encontro, que teve como mestres-de-cerimónia John Santos e Marisa Oliveira, foram-se realizando as apresentações artísticas, bem como sorteios destinados a beneficiar as obras de várias organizações de caridade – tudo depois de um animado jantar.

Presentes estiveram várias entidades políticas, incluindo o deputado luso-canadiano Peter Fonseca que trouxe uma mensagem do Primeiro-Ministro Justin Trudeau a exaltar a importância das artes e de actividades como este concurso, que dão aos jovens valiosas experiências e contactos que lhes facilitam uma carreira no mundo da música.

Da Câmara Municipal de Mississauga esteve presente o vereador Jim Tovey, assim como o seu homólogo torontino César Palacio, ambos a louvarem esta iniciativa.

Perante um júri constituído por figuras ligadas ao mundo da música e espectáculo – Peter Serrado, Jeremy de Freitas, Darnell- Brandon Thomas, Louisa Key, Danny Reiner, Rosanne Baker Thornley e Zack Werner – as concorrentes fizeram as suas actuações passando depois aos bastidores onde as aguardava o professor de canto que as tem acompanhado ao longo desta jornada, Toby Walker, em demonstração de apoio.

Entretanto, e enquanto se procedia à avaliação das concorrentes e contagem de votos, actuaram ainda duas concorrentes de edições anteriores, designadamente a finalista do ano passado, Bruna Vilaça, que encantou com a sua apresentação e linda voz, bem como Vanessa Cass, que concorreu na edição 10 do concurso na categoria de adultos e que nessa noite apresentou o seu CD, Walking Fire.

Também o grupo Amigos do Minho abrilhantaram o certame, levando a um público multicultural um pouco das tradições e sons do norte de Portugal.

Ainda durante a espera do resultado, as finalistas, numa genuína demonstração de solidariedade, venderam exemplares do CD com a compilação dos temas do concurso deste ano, um álbum que autografaram e cuja receita reverteu a favor da Associação Canadiana do Cancro, em memória de Manuel Santos, pai do organizador do concurso.

Por fim, e a coroar uma competitiva prova em que se destacaram grandes talentos e grandes vozes perante um público delirante e apreciativo, foram anunciadas as vencedoras.

Face à crescente popularidade do concurso, John Santos indicou estar já a preparar-se a 12.ª edição do SCJS que, mais uma vez, estará aberto a concorrentes de origem portuguesa mas também de outras etnias e que se deverá iniciar no final do Verão com as provas de selecção.


Voltar a Sol Português