SAÚDE & BEM ESTAR


Duas Unidades de Saúde Personalizadas começam a funcionar em Maio na Marinha Grande

Duas Unidades de Cuidados de Saúde Personalizados (UCSP) da Marinha Grande vão começar a funcionar em Maio, informou segunda-feira a Comissão de Utentes em defesa do Serviços de Atendimento Permanente (SAP) 24 horas, após reunião com responsáveis da saúde.

A Comissão de Utentes em defesa do SAP/24 horas reuniu neste dia, na Câmara Municipal da Marinha Grande, com a directora da Administração Regional de Saúde do Centro, com o director do Agrupamento de Centros de Saúde do Pinhal Litoral, com a presidente do Município da Marinha Grande e com a vereadora com o pelouro da Saúde.

Os representantes da comissão foram informados que vão entrar em funcionamento uma Unidade de Saúde Familiar, que aguarda despacho do secretário de Estado, e duas UCSP (estruturas idênticas às Unidades de Saúde Familiar), que irão entrar em funcionamento em Maio.

Numa nota enviada à Lusa, a comissão explica que estes serviços "vão ser dotados de pessoal de enfermagem e administrativo para que funcionem bem".

Na reunião, que tinha como objectivo "saber o que tinham os responsáveis programado para resolução dos problemas contínuos que têm afectado o centro de saúde e respectivas extensões", assim como o SAP/24 horas, foi garantido ainda que o SAP vai passar a funcionar em pleno 24 horas por dia e 365 dias por ano, "ainda que através de serviços de empresa subcontratada".

Vão ser colocados "de imediato" mais três médicos no concelho: dois na cidade da Marinha Grande e um na freguesia de Vieira de Leiria, cuja extensão de saúde está a ser alvo de remodelações. Já as obras no Centro de Saúde da Marinha Grande deverão iniciar-se em Agosto, referiu ainda a comissão.

Para a Comissão "a reunião correu bem", mas os seus representantes alertaram para novos protestos "se o que de novo se prometeu for, como tem vindo a acontecer, uma mão cheia de nada".

A Comissão recordou ainda "a má experiência do funcionamento do SAP, através de uma empresa de contratação de médicos, contrária ao espírito de um Serviço Público de Saúde".

Ficou programada uma nova reunião para Maio para se fazer o ponto da situação.


Voltar a Saúde


Voltar a Sol Português