1ª PÁGINA


Casa dos Açores do Ontário celebrou tradição das vindimas

Por Rómulo Ávila

Sol Português

A Casa dos Açores do Ontário (CAO), em Toronto, foi novamente palco de um evento que na noite de sábado (1) juntou a comunidade à volta dos sabores das vindimas nos Açores, fazendo lembrar esta época que é tradicionalmente vivida com grande intensidade nas nove ilhas do arquipélago.

Cerca de 200 pessoas sentaram-se à mesa e para além de saborosas uvas e vinho doce, tiveram a oportunidade de se deliciar com uma autêntica refeição açoriana, composta por sopa de couves e batatas, bem como chicharros fritos acompanhados de batata cozida com cebolada e pão de milho.

Fátima Bento, relações públicas e presidente da Assembleia-Geral da CAO, deu as boas-vindas a todos e o mote para a festa ao anunciar: "vamos aproveitar a noite nesta que é a nossa Casa, com muita alegria e diversão", adiantando que "aqui somos com uma grande família, que recebe açorianos, mas também todos os que a nós se queiram juntar".

A azáfama na cozinha era grande e na nossa visita a nossa reportagem foi até lá para dar uma espreitadela.

Maria Conceição Casimiro, referenciada pelas colegas da cozinha como a coordenadora daquele espaço, disse sentir-se "muito feliz" com a nossa presença pois, como afirmou, quem "está nesta zona da preparação das refeições muitas vezes não é vista, mas não pode ser esquecida".

A jovem de 71 anos confessou à nossa reportagem que o segredo do sucesso "é fazer as coisas com carinho e dedicação" e que os que colaboram naquela cozinha constituem "uma equipa que se entreajuda muito".

Apressada para que "os chicharros não queimem" e "a batata não coza demasiado", a coordenadora lembrou também que "é preciso que apareça gente jovem para ir tomando conta disto", uma vez que as colectividades necessitam de renovação e sangue novo para poderem continuar a existir.

A meio da noite e do baile, abrilhantado pelo DJ Gil, Sol Português conversou mais detalhadamente com a presidente da Direcção, Suzanne Cunha, que se manifestou "muito grata a todos os sócios e a toda a comunidade que mantém viva esta Casa, e que vai enchendo o salão, evento atrás de evento".

A dirigente fez questão também de "agradecer a todos as directoras, a toda a equipa de trabalho e aos patrocinadores, que são um pilar fundamental desta organização", enfatizando que a Casa está "dinâmica e estará sempre de porta aberta para receber todos" os que ali se deslocarem.

A propósito desta edição da Festa da Vindima, considerou que "correu muito bem" e "todos estão a gostar", e aproveitou para lançar o convite para o próximo dia 15 de Outubro, data do segundo jantar da temporada em honra do Divino Espírito Santo, padroeiro da CAO, pedindo aos interessados para fazerem desde já as suas reservas.

Na agenda há ainda para este mês a comemoração do dia de Halloween, dedicado sobretudo aos mais pequenos, estando a realização da Semana Cultural Açoriana agendada para o período de 6 a 10 de Novembro.

A CAO conta poder apresentar o programa das actividades desta semana cultural nas próximas semanas, o qual, segundo a presidente, "ainda está em preparação e numa fase muito embrionária".

Podemos desde já adiantar, no entanto, que logo após, a 12 de Novembro, será comemorado o aniversário da Casa dos Açores, numa noite dedicada à história e ao percurso da instituição dedicada à preservação e divulgação das tradições açorianas.


Voltar a Sol Português