1ª PÁGINA


Little Portugal em Toronto:

Buraco gigante "engole" troço da rua Dundas

Estabelecimentos e empresas locais profundamente afectados

Um enorme sumidouro engoliu uma pequena parte da rua Dundas Street West, levando ao seu encerramento ao transito e arrastando consigo a esperança das empresas localizadas naquela zona de reanimarem as vendas durante esta quadra natalícia.

Em declarações à comunicação social, Melissa Ball, proprietária da Chosen Vintage, adianta que "as vendas caíram" significativamente dado o encerramento deste troço da artéria.

"Já caíram 40% desde o fim-de-semana em que a rua foi fechada", especificou.

O surgimento do gigantesco buraco fechou o troço da Dundas Street entre as avenidas Brock e Sheridan.

William Shea, director do departamento de Águas e Esgotos de Toronto diz que "o solo ruiu para o interior do esgoto danificado, criando um vazio e transformando-se num enorme buraco à vista de todos".

"As reparações de emergência já começaram" e decorrem "24 horas por dia, sete dias por semana" indicou o responsável, que revelou que inicialmente as reparações eram previstas levar "cerca de uma semana".

Contudo, espera-se agora que "a próxima fase das obras demore cerca de duas a três semanas", admitiu, o que abrange toda a temporada de compras natalícias.

Anah Shabbar, porta-voz da associação de comerciantes local, a Little Portugal Toronto Business Improvement Area (BIA), diz que o impacto da construção se estende "para além do cruzamento das avenidas Sheridan e Brock" e que "com o desvio do trânsito entre as avenidas Ossington e Lansdowne", os estabelecimento naquela zona "estão a ser prejudicados".

Como destaca, "muitas empresas obtêm 40% ou mais das suas receitas durante a quadra festiva".

Embora a BIA tenha estado a tentar planear formas de atrair mais gente a esta zona – seja através de um concerto de Inverno ou um mercado natalício – Anah Shabbar reconhece que estas empresas vão necessitar de assistência financeira.

As autoridades camarárias, por sua vez, garantem que se está "actualmente a explorar um apoio adicional para empresas situadas em Little Portugal, enquanto decorrerem as obras".

Contudo, nada concreto foi ainda avançado e os comerciantes continuam à espera de soluções.


Voltar a Sol Português