1ª PÁGINA


Avião com destino a Toronto com problema num motor aterrou de emergência em Faro

Um avião da Air Transat com destino a Toronto, no Canadá, aterrou quarta-feira (7) de emergência no Aeroporto Gago Coutinho, em Faro, obrigando a accionar o alerta vermelho do Plano de Emergência, disse à Lusa fonte da Protecção Civil.

Em declarações à Lusa, fonte do Centro Distrital de Protecção Civil (CDOS) de Faro adiantou que o alerta foi declarado pelo aeroporto cerca das 12:40, para a aterragem de emergência de uma aeronave que reportou uma avaria num dos dois motores.

O avião, com 148 pessoas a bordo e que tinha descolado de Faro às 11:40, aterrou às 13:09 em segurança e sem registo de problemas com passageiros e tripulantes, disse a mesma fonte.

A aeronave, um Airbus A321, da companhia canadiana Air Transat, tinha descolado às 11:40 do Aeroporto Internacional e Faro com destino a Toronto, no Canadá, segundo a informação disponível na página oficial daquele aeroporto.

Face ao alerta vermelho, o mais elevado do Plano de Emergência definido, decretado pelo Aeroporto Gago Coutinho, foram mobilizados todos os agentes de Protecção Civil do distrito de Faro adstritos ao plano, concretamente todas as corporações de bombeiros da região, forças policiais e serviços médicos.

Segundo explicou a fonte do CDOS, o Plano de Emergência do Aeroporto engloba três níveis: o primeiro, amarelo, coloca todas as equipas em pré-aviso, um segundo, laranja, de prontidão de todas as forças, e o terceiro, vermelho, onde as equipas saem de imediato para o terreno.

"Foi o que aconteceu neste caso, tendo as equipas que mobilizam mais de uma centena de elementos sido desmobilizadas depois da aterragem do avião em segurança", precisou.

A Lusa tentou obter informações da ANA - Aeroportos de Portugal, a entidade gestora de vários aeroportos no território nacional, sobre o incidente com o avião da Air Transat, mas tal não foi possível até ao momento.


Voltar a Sol Português