SUPLEMENTO DESPORTIVO


Vítor Campelos renova e vai orientar o Desportivo de Chaves no regresso à I Liga

O treinador Vítor Campelos, que conduziu o Desportivo de Chaves de regresso à I Liga portuguesa de futebol após três anos, renovou contrato para a temporada 2022/23, divulgou quinta-feira (9) o emblema transmontano.

"Vítor Campelos, de 47 anos, vai continuar a orientar a equipa transmontana neste regresso ao patamar mais alto do futebol português. Ao técnico e à sua equipa técnica desejamos as maiores felicidades pessoais e profissionais ao serviço do nosso emblema", pode ler-se na nota divulgada no sítio oficial do clube.

O técnico vimaranense, que alcançou a primeira subida à I Liga do seu currículo, foi o `timoneiro' do plantel transmontano, que garantiu o regresso ao primeiro escalão após três temporadas arredado.

Os flavienses asseguraram a subida de divisão na derradeira tentativa, após terminarem no terceiro lugar da II Liga, ao eliminar o Moreirense, antepenúltimo da I Liga, no `play-off' de acesso ao principal escalão.

Vítor Campelos chegou ao Desportivo de Chaves a meio da temporada 2020/2021, assegurando na época transata a subida.

"[Estou] Muito feliz por podermos continuar a caminhar lado a lado. Juntos somos mais fortes", destacou o técnico num vídeo partilhado também pelo clube de Trás-os-Montes.

Esta é a quarta subida ao principal escalão do futebol português para o Desportivo de Chaves: a primeira ocorreu na época 1984/1985, seguindo-se uma segunda, na temporada de 1993/1994 e a penúltima, em 2015/2016.

Em 16 participações no escalão principal, os transmontanos atingiram a glória na década de 1980, quando, na temporada 1986/1987, atingiram o quinto lugar e a qualificação inédita para a antiga Taça UEFA na época seguinte.

Em 1989/1990, seguiu-se novo quinto lugar, repetindo a melhor classificação entre os `grandes'.


Voltar a Golo


Voltar a Sol Português