SUPLEMENTO DESPORTIVO


Guarda-redes internacional português Bebé termina carreira no futsal aos 39 anos

O guarda-redes internacional português Bebé, de 39 anos, anunciou segunda-feira o final de carreira, ao longo da qual foi campeão mundial e europeu por Portugal, e campeão europeu no Benfica.

"Depois de 20 anos, dou por terminada a minha carreira como jogador de futsal. Quero agradecer aos clubes, dirigentes, adeptos, patrocinadores e principalmente a todos os jogadores com quem ao longo destes anos tive o privilégio de compartilhar a minha paixão pelo futsal", escreveu o jogador nas redes sociais.

Bebé, 136 vezes internacional, tem como ponto mais alto a conquista do primeiro título europeu da selecção, em 2018, e três anos depois, em 2021, o Mundial.

"Mais do que títulos ou troféus, levo amigos para toda a vida e isso não tem preço! Agradeço a Deus porque deu-me muito mais do que eu alguma vez imaginei alcançar desportivamente! Obrigado, futsal", escreveu ainda o guarda-redes, que deixou também palavras de agradecimento à família.

Na carreira, o guarda-redes começou por se notabilizar ao serviço do Sporting, clube do qual saiu em 2006 para o Benfica, cumprindo 11 épocas na Luz, com a maior conquista a chegar em 2009/10, ao vencer a Liga dos Campeões.

Bebé tem ainda no currículo sete títulos de campeão nacional, oito supertaças e seis Taças de Portugal, troféus que venceu tanto pelo Sporting, como pelo Benfica, de onde saiu em 2017 para os Leões de Porto Salvo.

Na despedida, a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) lembrou os êxitos de Bebé na selecção e o exemplo que pode ser para os mais jovens.

"As suas 136 internacionalizações e a forma como contribuiu para o crescimento da modalidade em Portugal, hoje, indiscutivelmente, uma das maiores potências mundiais do globo, são exemplares para todos os jovens que queiram seguir as suas pisadas e uma carreira no futsal", assinalou o presidente da FPF, Fernando Gomes.


Voltar a Golo


Voltar a Sol Português