1ª PÁGINA


Passeio da Fama para Luso-Canadianos
com oito novas personalidades

Por Luís Aparício

Sol Português

Após um interregno de dois anos provocado pela pandemia, o Portuguese Canadian Walk of Fame (PCWF), em Toronto, voltou a reconhecer no passado sábado (4) um leque de personalidades "todas elas especiais nos seus vários campos de actuação", como as descreveu o presidente da organização responsável, Manuel da Costa.

O fotógrafo de celebridades George Pimentel foi uma das oito entidades reconhecidas este ano neste Passeio da Fama para Luso-Canadianos, localizado na esquina noroeste da intersecção das ruas College e Crawford, no seio da comunidade portuguesa, e a celebrar já 10 anos de existência.

"Geralmente, estou do outro lado e agora estou deste lado, pelo que é um pouco estranho", admitiu George Pimentel, deixando uma mensagem para a comunidade: "Sonhem em grande, mas com os pés assentes na terra".

Filho de imigrantes de Rabo de Peixe, na ilha açoriana de São Miguel, o luso-descendente já fotografou estrelas da sétima arte como Robert de Niro, Will Smith, Tom Cruise, Nicole Kidman, Gwyneth Paltrow, Al Pacino, Sean Penn e os músicos Bruce Springsteen e Lady Gaga, entre outras celebridades.

A vice-presidente do município de Toronto e vereadora do distrito de Davenport, Ana Bailão, responsável pelo pelouro da Habitação Acessível da autarquia, foi outra das entidades reconhecidas este ano.

Lisonjeada pela homenagem, a edil disse esperar ver muitas outras pessoas prosseguirem o trabalho comunitário nas suas diferentes áreas de actividade, "mas acima de tudo nunca esquecerem de onde vieram e saberem que é importante retribuir, falar e vir ao encontro das nossas raízes".

Natural de Vila Franca de Xira (distrito de Lisboa), Ana Bailão está no Canadá desde os 15 anos e após três mandatos como representante do distrito torontino de Davenport na Câmara Municipal de Toronto, desde 2010, anunciou recentemente que não se irá recandidatar nas eleições autárquicas de Outubro.

Os outros homenageados incluem o médico Horácio Arruda, a produtora e apresentadora de televisão Nellie Pedro, a executiva Paula Palma e o empresário Francisco de Seixas Grelo.

Horácio Arruda, filho de emigrantes açorianos, esteve em destaque na comunicação social canadiana nas conferências de imprensa diárias durante grande parte da pandemia de Covid-19, na qualidade de director de Saúde do Quebeque.

A locutora Nellie Pedro, natural da Terceira, Açores, no Canadá desde a década de 1970, apresenta o programa "Gente da Nossa" há quase 40 anos e desde muito nova tem estado envolvida com diferentes organizações comunitárias.

O empresário e equitador Francisco de Seixas Grelo dedica-se à criação de cavalos puro-sangue lusitano.

Paula Palma é a responsável pelos recursos humanos da Aecon, empresa há muito envolvida na construção de projectos de grande envergadura, como a Torre CN em Toronto ou o Aeroporto Internacional de Montreal.

Na categoria "Builders" (Edificadores) foram ainda homenageados, a título póstumo, David Tavares, empresário fundador de várias empresas ligadas ao fornecimento de serviços de telecomunicações a algumas das principais empresas canadianas, e o empresário e filantropo Virgílio Pires, um dos membros fundadores da Federação de Empresários e Profissionais Luso-Canadianos (FPCBP), ambos falecidos em 2021.

O Passeio da Fama para Luso-Canadianos foi inaugurado a 2 de Junho de 2013 e está localizado na Praça Camões, no lado norte da College Street, em Toronto.

O ex-ministro das Finanças do Ontário, Charles Sousa, o ex-deputado Mário Silva, o jogador profissional de hóquei no gelo, John Tavares, a cantora Nelly Furtado, e o pioneiro António Santos e Sousa, são algumas das várias personalidades e figuras da comunidade portuguesa no Canadá "eternizadas" naquele monumento.


Voltar a Sol Português