1ª PÁGINA


First Portuguese volta a preparar campo de férias para 25 jovens

Por Luís Aparício

Sol Português

Depois do Festival de Verão que no domingo (5) encerrou a presente época de actividades do First Portuguese Canadian Cultural Centre (FPCCC), a mais antiga colectividade da comunidade portuguesa de Toronto está já a organizar o seu campo de férias deste ano, desta feita para acolher um grupo de 25 jovens.

"Estamos mesmo entusiasmados para voltar a ter um campo de férias mais parecido com aquilo que nós tínhamos antes [da pandemia], apesar de que com menos miúdos", esclareceu a dirigente do FPCCC, Carina Paradela, em declarações ao jornal Sol Português.

O campo de férias, segundo a presidente da Direcção, vai decorrer ao longo de nove semanas, o período de tempo que as crianças têm de férias escolares, e preencher todos os dias de semana, de segunda a sexta-feira, com um programa de actividades variado.

Segundo Carina Paradela, o "First" está agora numa situação bem mais favorável do que antes da pandemia, nomeadamente no aspecto financeiro, e considera que o espectro do encerramento que chegou a pairar sobre a colectividade já se dissipou.

"Antes da pandemia, tínhamos essa nuvem em cima de nós", admitiu a dirigente, mas agora o clube está estável e pronto para celebrar o aniversário em Setembro, garante.

"E poderemos celebrar muitos mais [anos] se continuarmos desta maneira", acrescentou.

Com responsabilidades directivas até ao próximo mês de Novembro, altura em que se deverão realizar eleições para escolher os novos corpos gerentes do FPCCC, Carina Paradela gostaria de ver alguém assumir o cargo principal, ainda que tenha intenções de continuar a ajudar a associação.

"Por razões pessoais, precisava mesmo de fazer uma pausazinha" – referiu, embora – "não sair do First, pois esta é a minha segunda casa de coração", frisou.

A dirigente fez também um balanço positivo do Festival de Verão que nesse dia se realizava, já que, como indicou, "estamos muito contentes e também tivemos sorte com o tempo".

O Festival de Verão, com entrada livre, decorreu das 12h00 às 20h00 de domingo e incluiu comida, actividades infantis e música, além de contar com a presença de alguns vendedores no exterior do edifício.

Foi o caso de Paula Faria, coordenadora do grupo de idosos do First Portuguese, que estava a vender alguns dos trabalhos manuais que nos disse gostar de fazer em part-time e que a ajudam a "aliviar o stress".

Após dois anos difíceis provocados pela Covid, considerou muito bom participar num evento que, como referiu, estava a ter boa adesão do público.


Voltar a Sol Português