1ª PÁGINA


Jack Oliveira condecorado pelo Presidente da República com Comenda da Ordem do Mérito Empresarial

O sindicalista luso-canadiano Jack Oliveira foi distinguido com a Comenda da Ordem do Mérito Empresarial, honra que lhe foi atribuída na passada quinta-feira (2) pelo Presidente da República Portuguesa, Marcelo Rebelo de Sousa, numa cerimónia no Palácio de Belém, em Lisboa.

O dirigente sindical, que lidera o maior sindicato da construção civil na América do Norte, LIUNA Local 183, ao mesmo tempo que administra o Conselho Distrital do sindicato no Ontário (OPDC, na sigla em inglês) juntou o seu nome a uma já longa lista de luso-canadianos com o título de comendador, dignificando a comunidade portuguesa neste país.

Esta distinção foi-lhe atribuída com o cunho da UGT (União Geral de Trabalhadores), durante uma visita que o dirigente laboral efectuou a Portugal, onde assinou um protocolo de colaboração entre o sindicato português e a organização laboral que dirige.

Em breves palavras proferidas após a cerimónia de entrega da Comenda, o Presidente da República recordou o percurso de Jack Oliveira e agradeceu o trabalho e dedicação do sindicalista, citando-o como um exemplo de vida ao serviço de Portugal.

Por seu turno a UGT emitiu um comunicado destacando que "esta condecoração agracia um grande sindicalista, emigrante português, nascido na Murtosa (Aveiro), que dedicou a sua vida ao movimento sindical e ao mundo do trabalho, na defesa dos direitos dos trabalhadores portugueses no Canadá".

Após a condecoração, Sol Português teve oportunidade de falar telefonicamente com o homenageado sobre o que representou para si esta distinção, que nos indicou considerá-la "um grande motivo de orgulho como português", destacando no entanto que "não cheguei aqui sozinho".

Com a característica humildade que lhe é reconhecida, Jack Oliveira fez questão de partilhar os louros, agradecendo sobretudo "à minha família, particularmente à minha esposa, que muito tem contribuído, assim como à minha equipa do Executivo, a todos os membros sócios do sindicato, quer no activo, quer reformados, e a todos os portugueses, pois esta distinção é extensiva a todos eles", concluiu.

Na cerimónia de condecoração estiveram presentes outros elementos do seu Executivo, incluindo Luís Câmara, secretário tesoureiro; Bernardino Ferreira, vice-presidente; Marcello Di Giovanni, secretário; e Jaime Cortez, director; assim como Joel Filipe, que preside ao sindicato irmão, CCWU - Canadian Construction Workers Union.

LIUNA Local 183 assinou protocolo de cooperação com a UGT em Portugal

Uma delegação da sindical LIUNA Local 183 deslocou-se em final de Outubro a Portugal, a convite da UGT (União Geral de Trabalhadores), onde assinou um protocolo de cooperação sindical com o sindicato português sobre trabalhadores migrantes.

A comitiva visitante foi liderada por Jack Oliveira, que na sequência desta visita viria a ser homenageado pelo Presidente da República Portuguesa com uma Comenda da Ordem do Mérito Empresarial, e incluiu vários elementos do Executivo da "183", incluindo os luso-canadianos Bernardino Ferreira e Luís Câmara.

Segundo a UGT, o protocolo agora assinado "visa desenvolver sinergias sindicais entre as duas organizações com vista a um apoio aos trabalhadores portugueses no Canadá" e é o reconhecimento da aceitação por parte do sindicato português do seu papel como "elo de ligação com o Governo português e outras entidades nacionais, sempre solicitado pela LIUNA, fornecendo informações e ajuda aos trabalhadores migrantes portugueses" radicados neste país de acolhimento.

Entretanto, o protocolo reconhece ainda a importância da "informação e formação sindical fornecida aos trabalhadores portugueses, informando-os sobre os seus direitos, da importância de ter um estatuto laboral, bem como o de ser sindicalizado" no Canadá.

No âmbito desta visita, a delegação canadiana participou também na reunião do Secretariado Nacional e numa reunião de trabalho da UGT, na qual estiveram presentes os principais dirigentes sindicais das duas organizações.

Com cerca de 54 mil filiados, uma significativa percentagem dos quais portugueses ou luso-descendentes, a LIUNA Local 183 é o maior sindicato norte-americano no sector da construção civil.

Fotos gentilmente cedidas pela UGT de Portugal


Voltar a Sol Português