1ª PÁGINA


Cartão de identidade digital vai entrar em vigor ainda este ano

Nos próximos meses o Ontário vai implementar um cartão de identidade digital, anunciou esta semana o governo provincial, que esclarece que ainda este ano deixará de ser necessário aos residentes trazerem consigo a carta de condução ou o cartão de saúde.

A iniciativa, em curso há já algum tempo, foi detalhada na quarta-feira (8) quando o governo anunciou mais pormenores sobre a implementação e indicou tratar-se duma "solução fácil e conveniente" para as pessoas se identificarem.

De acordo com a informação fornecida, os cidadãos e residentes na província vão passar a poder usar uma versão electrónica dos documentos emitidos pelo governo através de um aplicativo – que instalam nos seus telemóveis, tablets ou computadores portáteis – e que funciona como uma "carteira digital", mas "mais segura".

Esta versão digital dos documentos permite aos privados e às empresas comprovarem a sua identidade, tanto online como pessoalmente, com mais privacidade já que, segundo um dos exemplos que foram dados: "se precisar comprovar que é maior de identidade, só será revelado que tem mais de 19 anos e não a idade exacta ou a data de nascimento", ao contrário do que sucede actualmente quando se apresenta um dos cartões de identificação citados.

A identificação digital fica guardada apenas no dispositivo electrónico que o utilizador escolher (podendo ser "apagada" caso o aparelho seja roubado ou esteja perdido) e não numa base de dados central.

O governo garante ainda que esta identificação não é um sistema de rastreamento dos utilizadores, que podem usar o novo documento em várias situações.

Embora se preveja que "levará anos até se atingir todo o seu potencial", para já vai servir para comprovar a maioridade quando se adquirem certos artigos, tais como bilhetes de lotaria e tabaco, e como comprovativo de identidade para levantar uma embalagem nos correios, pedir assistência ou subsídios do governo, aceder aos registos de vacinação, abrir contas no banco, ir ao médico, aceder aos registos médicos online ou ainda pedir ou renovar a carta de condução, cartão de saúde ou o selo do carro.

Para as empresas, poderá ser usada para a contratação de empregados, comprovar a existência e a identidade da companhia, ou de outras com quem se pretende fazer negócio, pedir empréstimos, subsídios ou créditos fiscais, ou para verificar a identidade dos clientes.

Uma vez implementado o sistema, o público pode descarregar o aplicativo e instalá-lo num dispositivo electrónico da sua preferência, no qual depois de criar a carteira digital poderá guardar os seus cartões de identificação.


Voltar a Sol Português