1ª PÁGINA


Arsenal do Minho:

Mais de 900 convivas em animado encontro de São Martinho

Por Rómulo Ávila

Sol Português

Cerca de 900 pessoas entoaram, de pé, os hinos nacionais de Portugal e do Canadá, dando assim início à festa de São Martinho promovida pelo Arsenal do Minho of Toronto Community Centre, que no passado sábado (5) se realizou no salão de festas do sindicato LIUNA Local 183.

Os fortes sons dos Bombos do Arsenal anunciaram a abertura do concorrido jantar, organizado em torno da temática do São Martinho e dos animados magustos que popularizam o consumo de castanha assada nesta época do ano.

Cristiana Garcia, que integra a Direcção do clube, admitiu à nossa reportagem que o número de participantes foi para além do que esperavam, esgotando a lotação.

Tendo em conta o longo período de suspensão das actividades sociais devido à covid-19, que só recentemente terminou, a Direcção receava "que as pessoas não aderissem", mas a forte comparência significa que "a comunidade está dinâmica" e isso naturalmente fortalece as suas associações, explica esta dirigente.

Segundo enfatizaram vários elementos da equipa de trabalho do Arsenal do Minho de Toronto, esta é uma associação "diferente das outras, pois não há um presidente, mas uma equipa de trabalho que assume as funções que forem necessárias para a actividade do clube arsenalista".

À nossa reportagem, Francisco Ferreira, também ele um dos dirigentes, evidenciou que a venda de bilhetes e a lotação "esgotou por completo", referindo que nunca pensou que tal fosse possível, mas que a comunidade "respondeu presente quando mais precisávamos de incentivo e de apoio", agradecendo a todos quantos ajudaram e participaram neste evento.

Questionado pelo nosso jornal quanto a realizações futuras, o director do clube indicou terem várias actividades projectadas, mas avançou que, "apesar de estar ainda a ser planeado", um dos grandes eventos será a Festa das Concertinas "agendada para o dia 25 de Fevereiro", com um programa que vai contar com a participação

de artistas vindos de Portugal.

Quem veio também de Portugal e se preparava para actuar nessa noite foi o artista Tiago Maroto e a sua banda, que a nossa reportagem foi encontrar no camarim, momentos antes do espectáculo musical.

"Hoje, como sempre, sinto-me mesmo feliz por estar entre portugueses, gente que sente Portugal e que, por ter saudades da sua terra, faz com que os meus espectáculos sejam sempre diferentes e únicos", afirmou o conhecido vocalista e acordeonista minhoto que se deslocou pela quarta vez a terras canadianas.

"Obrigado a todos por sempre nos apoiarem, por darem valor à nossa cultura e nunca esquecerem que o Minho é parte de Portugal", realçou o artista.

Antes de Tiago Maroto e da banda subirem ao palco, Francisco Pegado, o apresentador da noite, chamou a actuar o rancho da casa,

Composto por dançarinos e cantadores de todas as faixas etárias, o Rancho Folclórico do Arsenal do Minho brindou o público com uma excelente actuação.

Como é natural, numa noite dedicada a São Martinho não faltaram as tradicionais castanhas assadas, que foram distribuídas por todas as mesas.

Destaque ainda para as apetitosas papas de sarrabulho, confeccionadas pelas senhoras do Arsenal.

Trata-se de um prato muito típico do norte de Portugal, feito com sangue de porco, carnes de porco e de galinha, presunto, salpicão, chouriço, farinha de milho e outros ingredientes que lhe dão grande colorido e sabor.

Fundado em 1986 por um grupo de portugueses provenientes da região do Minho, mais concretamente da cidade de Braga, o Arsenal tem como objectivos lembrar e comemorar as tradições da sua terra bem como homenagear o clube de futebol local – o Sporting Clube de Braga.

O próximo evento da colectividade minhota será a festa de Natal e um Workshop, no dia 10 de Dezembro, numa tarde dedicada à comida, ao divertimento e à realização de actividades direccionadas principalmente aos mais novos.


Voltar a Sol Português