1ª PÁGINA


Câmara do Funchal promove sessões para investidores das comunidades madeirenses

A Câmara Municipal do Funchal vai organizar três sessões de informação para investidores das comunidades madeirenses, indicou terça-feira (9) o presidente da autarquia, Pedro Calado, realçando que o executivo camarário está disponível para apoiar os emigrantes.

"O objectivo é ter um relacionamento mais próximo com aqueles que querem investir na sua terra", disse o autarca, que recebeu os representantes do Conselho da Diáspora Madeirense, no salão nobre dos Paços do Concelho.

Pedro Calado referiu que a primeira sessão de informação se realizou na quinta-feira e foram abordados temas como as valências do Balcão do Investidor, áreas prioritárias de investimento, apoios municipais disponíveis, fiscalidade, oportunidades de emprego, reabilitação urbana, alojamento local, comércio, serviços e restauração.

"A autarquia está preparada e de portas abertas para receber, apoiar e trabalhar em articulação com os nossos emigrantes", declarou.

O autarca social-democrata, eleito pela coligação Funchal Sempre à Frente (PSD/CDS-PP), adiantou que o executivo camarário pretende garantir aos investidores "celeridade" ao nível de processos, bem como "segurança e tranquilidade".

Pedro Calado afirmou também que vai manter "proximidade e ligação" com as comunidades madeirenses, efectuando algumas deslocações aos países de acolhimento durante o seu mandato.

O Conselho da Diáspora Madeirense é um órgão consultivo do Governo Regional (PSD/CDS-PP) composto por 21 elementos, que representam dez comunidades de emigrantes: Venezuela, África do Sul, Reino Unido (as maiores), Austrália, Brasil, EUA, Europa, Caraíbas, Canadá e Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).


Voltar a Sol Português