1ª PÁGINA


John Tory confiante que SmartTrack só vai custar 1,2 mil milhões de dólares

O Presidente da Câmara Municipal de Toronto, John Tory, reafirmou na terça-feira (10), durante uma conferência de imprensa em Liberty Village, que o projecto SmartTrack não custará mais do que os 1,2 mil milhões de dólares previstos desde o início.

Recorde-se que o projecto denominado "SmartTrack", que foi a "alma" da campanha eleitoral de Tory a caminho da liderança da Câmara Municipal de Toronto, prevê a construção de seis novas estações ao longo do corredor Kitchener e Stouffville/Lakeshore East GO, e incluirá igualmente oito estações já existentes.

A edilidade tem reservados 268 milhões de dólares, para a execução de melhoramentos que sejam necessários nas estações que já existem, e está previsto que o governo federal pague 40 por cento do custo do SmartTrack elegível para financiamento.

Apesar do mais recente relatório dos serviços camarários recomendar que a edilidade financie a sua parte dos custos através do aumento das taxas sobre a propriedade, Tory declarou: "O que eu disse sobre o SmartTrack é que ele seria construído sem que fossem impostas novas taxas aos habitantes de Toronto, e é o que vai acontecer."

Sobre o facto da Metrolinx vir a ser a responsável pela operação e pelos custos da manutenção do sistema SmartTrack, uma vez que esteja concluído, o Presidente da Câmara de Toronto explicou a vantagem: "Este relacionamento de financiamento, simplificado, assegurará que não vai existir um impacto financeiro a longo prazo no orçamento da Câmara, quando o sistema estiver em funcionamento completo."


Voltar a Sol Português