1ª PÁGINA


Dia da Família Local 183:

Parque Downsview foi palco de diversões e convívio durante todo o fim-de-semana

Por João Vicente
Sol Português

Para a LIUNA e seus associados, o último fim-de-semana foi simultaneamente uma celebração e uma afirmação do poder deste sindicato, com quase 60 mil pessoas a visitarem o parque Downsview ao longo de sábado (7) e domingo (8) para a celebração anual do Dia da Família da filial Local 183.

O popular evento foi acrescido de um encontro especial dedicado aos sócios já reformados e que sexta-feira (6) levou a que ali reunissem também alguns milhares de pessoas no que se pretende venha a ser uma actividade recorrente e aberta a todos os pensionistas das diferentes filiais da LIUNA.

"Este é um dia muito importante, em que retribuímos aos nossos pensionistas por aqueles alicerces fortes que eles criaram na Local 183 e na LIUNA", explicou Jack Oliveira, o administrador desta sindical bem como do Conselho Distrital do sindicato (OPDC, na sigla em inglês), em relação ao piquenique de sexta-feira.

Segundo o sindicalista luso-canadiano, este foi o primeiro ano em que se tentou reunir todos os reformados da LIUNA, de toda a província, algo que passará a acontecer de cinco em cinco anos, sendo a intenção mantê-los em contacto entre si, mas também com o sindicato, o que poderá levar à implementação de medidas futuras.

Contudo, o objectivo deste piquenique não foi a transferência de conhecimentos, experiências e sabedoria, mas sim o convívio – mais uma forma de retribuir o contributo dado pelos antigos membros na edificação daquele que é o maior sindicato da construção civil na América do Norte – e entre 2000 a 3000 deles estiveram presentes nesse dia.

José e a esposa, Maria José, são um casal de portugueses que em declarações ao jornal Sol Português destacaram a importância da filiação no sindicato.

José, que chegou ao Canadá no início da década de '70, recorda que na altura chegou a trabalhar numa "boa companhia", ainda que não tivesse sindicato, mas na qual ganhava bem e tinha uma percentagem dos lucros, assim como benefícios,

Mesmo assim, quando passou a ser sindicalizado, diz que compensou "sem comparação nenhuma" e quando sofreu alguns problemas de saúde, nos últimos anos antes de se reformar – chegando mesmo "a passar quatro meses no hospital" – ressalta que o sindicato sempre lhe pagou o salário até aos 65 anos e teve direito a um quarto semi-privado – e isso "tem muito valor, não há dinheiro que pague", acrescenta.

O facto da esposa passar a receber os benefícios dele, caso ele faleça, tendo direito a medicamentos, óculos, dentista e muito mais, deixa-o satisfeito e descansado.

No decorrer deste encontro, marcado pelo intenso convívio e pelos comes-e-bebes proporcionados pelo sindicato, vir-se-iam a registar algumas intervenções dos dirigentes da LIUNA, a começar cerca do meio-dia quando o secretário da "183", Marcelo di Giovanni convidou ao palco vários dirigentes das diversas filiais do sindicato e, após se escutar o hino do Canadá, o pensionista da Local 506, Bernardino Garrozzi, passou a apresentar os oradores.

Além de Jack Oliveira, discursaram o vice-presidente da LIUNA responsável pelas zonas central e oriental do Canadá, Joseph Mancinelli, bem como os administradores da Local 506, Carmen Principato, e da Local 527/527A, Luigi Garrozzi, assim como um elemento do Executivo da Local 837, Manuel Bastos.

Foram, aliás, vários os dirigentes sindicais de ascendência portuguesa que além dos oradores se encontravam em palco, incluindo Luís Câmara, Nelson Melo e Bernardino Ferreira, da "183", Tony do Vale, da "506", e Joel Filipe, da Canadian Construction Workers Union (CCWU), a par de outros elementos dos seus Executivos.

Mais tarde seria a vez de se escutar também a ex-presidente da Câmara de Mississauga, Hazel McCallion, que se dirigiu ao público não poupando elogios à chefia da LIUNA e exortando o público a demonstrar a sua gratidão.

O convívio de sexta-feira viria a terminar com a actuação do imitador Fernando Pereira, vindo de Portugal, e que trouxe ao parque Downsview para os três dias desta grande festa da LIUNA "Um senhor espectáculo" – título da sua nova encenação e repertório que em Abril estreou no Casino do Estoril.

Se na véspera a festa foi dedicada aos sócios aposentados, no sábado e domingo foi a vez de celebrar a família, na sua vertente mais alargada, com a realização do habitual Dia da Família da Local 183, um convívio marcada pela multiplicidade de actividades e pela abundância e variedade de comidas e bebidas proporcionadas gratuitamente, num ambiente típico de feira.

Dado o elevado número de pessoas que movimentou, o convívio teve necessariamente de ser repartido por dois dias, durante os quais os sócios e seus familiares puderam desfrutar de vários tipos de carrosséis e diversões, incluindo insufláveis, um mini-zoológico para as crianças, demonstrações com aves de rapina e répteis, rapel e outras actividades.

Tudo isto a par da grande variedade e abundância de comida, para todos os gostos, incluindo portuguesa, além de gelados e churros – tudo gratuito.

A dar relevo à importância desta realização, vários políticos são convidados pela Local 183 a participar neste encontro, numa demonstração de apoio mútuo.

Assim, no sábado discursaram os vereadores Martin Medeiros, Pat Fortini e Gurpreet Dhillon (Brampton), César Palácio e Maria Augimeri (Toronto), e Barb Shaughnessy e Annette Groves (Caledon), além da candidata a presidente da Câmara de Caledon. Kelly Darnley e da candidata a vereadora, Lynn Kiernan, assim como o deputado provincial por York South-Weston, Faisal Hassan.

Também o presidente da Câmara de Toronto, John Tory, viria a marcar presença um pouco mais tarde, optando por um breve discurso já que estava então a decorrer o jogo do Mundial de Futebol. cujas imagens passavam no ecrã gigante atrás dele e que o autarca reconheceu captar as atenções do público.

Apesar disso, foram bastantes as pessoas que se lhe dirigiram quando desceu do palco para passear um pouco pelo recinto e dialogar com o público.

Também o artista Fernando Pereira teria de dar tempo para o jogo terminar antes de subir ao palco, cabendo-lhe a si fechar em grande o Dia da Família de sábado.

No domingo, o vereador torontino César Palacio foi convidado a regressar para voltar a dirigir-se aos sócios que nesse dia visitavam o parque, registando-se ainda a visita do novo Primeiro-ministro do Ontário, Doug Ford, do ministro da Imigração, refugiados e Cidadania, Ahmed Hussen, e dos deputados federais Michael Levitt, Julie Dzerowicz e Judy Sgro.

Durante os dois dias do evento dedicado à família foram sendo sorteados, de hora a hora, televisores de 43 polegadas, sendo ainda de registar dois felizardos que levaram para casa veículos novos: um utilitário desportivo da GMC, sorteado no sábado, e um carro Chevy Camaro, no domingo.

O tempo cooperou ao longo destes três dias, apresentando sempre temperaturas quentes, mas agradáveis, o que permitiu tornar a edição deste ano num evento memorável para dezenas de milhares de sócios, quer no activo, quer reformados, e respectivas famílias.


Voltar a Sol Português