1ª PÁGINA


Parlamento do Ontário reabriu na quarta-feira com Ford

O Parlamento do Ontário iniciou na passada quarta-feira (11) a nova legislatura, agora sob a liderança do Primeiro-ministro Doug Ford, e do Partido Conservador Progressista do Ontário, que detém a maioria absoluta dos deputados provinciais.

Esta sessão inaugural, em Queen's Park, começou com o governo de Ford a anunciar que o Parlamento terá que trabalhar durante o Verão, em vez de esperar pelo mês de Setembro como é hábito, porque é necessário revogar a legislação relativa à política de "pagar para poluir" ("cap and trade", na designação em inglês), e é preciso fazer re-gressar ao trabalho os professores que estão em greve na Universidade de York.

O novo governo Conservador anunciou, igualmente, que vai cancelar a autorização para um projecto de energia eólica no condado Príncipe Eduardo, que foi autorizado já em plena campanha eleitoral para as eleições legislativas do passado dia 7 de Junho.

"Estas três prioridades enviam uma mensagem clara e séria sobre o que podem esperar de um governo de Doug Ford e do Partido Conservador. Estamos preparados para agir, e colocaremos sempre os interesses do povo em primeiro lugar.", disse o Presidente do Parlamento, Todd Smith.

O único tema na agenda da sessão da passada quarta-feira era a eleição do novo Presidente do Parlamento provincial.

Candidataram-se ao cargo quatro deputados Conservadores: Ted Arnott, Randy Hillier, Jane McKenna e Rick Nicholls. – Ted Arnott foi o escolhido, por votação secreta.

Doug Ford é o primeiro líder do governo do Ontário a ser eleito sem nunca ter sido deputado provincial, desde a década de 1930, quando o Liberal Mitch Hepburn também foi eleito para o mais alto cargo público da província sem nunca ter sido deputado no Parlamento provincial. Todos os outros líderes do executivo do Ontário tinham sido deputados provinciais, anteriormente.

Andrea Horwath, Presidente do Partido da Nova Democracia, é a líder da oposição parlamentar, o Partido Liberal não conseguiu o estatuto de "partido parlamentar", por não ter eleito os oito deputados estabelecidos como número mínimo para esse estatuto, e por isso não terá direito a colocar perguntas ao governo no período destinado para tal, nas sessões diárias do parlamento.

Mike Schreiner, único deputado eleito pelo Partido Verde, assume o seu lugar parlamentar como representante do círculo eleitoral de Guelph.


Voltar a Sol Português