1ª PÁGINA


Costa e Centeno discutiram Orçamento Suplementar a apresentar em Junho

O Primeiro-ministro e o ministro das Finanças estiveram quarta-feira a definir o calendário para a apresentação do Orçamento Suplementar em Junho, no parlamento, diploma que se destina a cobrir os efeitos econó-micos e financeiros da Covid-19.

A questão do Orçamento Suplementar consta do comunicado dessa noite divulgado pelo gabinete do Primeiro-ministro na sequência da reunião entre António Costa e Mário Centeno, em São Bento, que teve como tema central a questão da transferência de 850 milhões de euros...

do Estado para o Novo Banco, tendo em vista recapi-talizar esta instituição bancária.

Além da questão do Novo Banco, refere-se na mesma nota que António Costa e Mário Centeno tiveram "uma reunião de trabalho no quadro da preparação da próxima reunião do Eurogrupo, que terá lugar esta sexta-feira, e da definição do calendário de elaboração do Orçamento Suplementar que o Governo apresentará à Assembleia da República durante o mês de Junho".

António Costa já tinha assumido o objectivo de entregar uma proposta de Orçamento Suplementar na Assembleia da República até ao final da presente sessão legislativa, em Julho.

Nesse Orçamento Suplementar para 2020, o Governo terá de fazer face a um previsível drástico aumento da despesa e, em simultâneo, a uma significativa quebra das receitas do Estado na sequência da paragem económica causada pela pandemia de Covid-19 a partir do segundo trimestre do corrente ano.


Voltar a Sol Português