PORTUGAL EM FOCO


Apicultores de Castelo Branco produziram 38 toneladas de mel na campanha de 2020

Os apicultores de Castelo Branco produziram 38 toneladas de mel na campanha de 2020 e dos 73 lotes de mel recolhidos 50% pertencem a produtores do concelho, divulgou o município.

"Num ano difícil para os apicultores, a Central Meleira de Castelo Branco continuou a prestar apoio ao desenvolvimento da actividade apícola, de forma a possibilitar a participação no mercado nacional e internacional dos apicultores da região", refere o presidente da Câmara de Castelo Branco, José Augusto Alves, em comunicado publicado no `site' do município.

Segundo os dados divulgados da Central Meleira de Castelo Branco, infra-estrutura criada pelo município local, este ano foram produzidas 38 toneladas de mel, seis de cera processada e duas de pólen, sendo que, dos 73 lotes de mel recolhidos, cerca de 50% são pertencentes aos produtores do concelho de Castelo Branco.

Citada no documento, Odete Gonçalves, presidente da Associação de Apicultores do Parque Natural do Tejo Internacional, considera que o ano 2020 ficou marcado pelas adversidades, que se reflectiram numa redução da produção anual de mel.

"Neste sentido, o apoio da Câmara Municipal [Castelo Branco] na aquisição de novos equipamentos e na melhoria dos espaços existentes tornou-se fundamental para assegurar a continuidade dos serviços prestados", refere.

As condições meteorológicas adversas e a actual situação pandémica foram uma preocupação dos apicultores e do município ao longo da campanha 2020.


Voltar a Portugal em Foco


Voltar a Sol Português