1ª PÁGINA


Centro Cultural Português de Mississauga quer bater recorde do Guinness a dançar o vira

O Centro Cultural Português de Mississauga (CCPM) prepara-se para entrar no Livro Guinness de Recordes no próximo sábado, juntando cerca de mil pessoas a dançar o vira, anunciou a organização.

O CCPM anunciou esta segunda-feira, numa nota à imprensa enviada à agência Lusa, ter superado o número de participantes (744) necessários para bater o recorde do Guinness do maior número de pessoas a dançar folclore, através das inscrições até agora recebidas.

"Com a enorme participação de comunidades portuguesas e grupos folclóricos de todo o Ontário e Canadá, mas não só, estamos prontos para fazer história mundial no próximo dia 17 de Setembro de 2022", afirmou o presidente do Centro Cultural Português de Mississauga, Jorge Mouselo, nessa mesma nota.

O actual recorde pertence ao Rancho Rendilheiras do Monte (Vila do Conde), que conseguiu juntar 744 pessoas, a dançar a chula durante cinco minutos, em 2018.

A iniciativa, denominada "Dançar para Aqueles que Não Podem", pretende angariar e consciencializar para alguns problemas na sociedade, num tributo a portadores de deficiências física, mental e com problemas de saúde, que não podem dançar.

Os lucros do evento serão distribuídos pela Luso Canadian Charitable Society, Sociedade Canadiana do Cancro e Community Living Mississauga.

O evento tem lugar este sábado, 17 de Setembro, com início às 12:00, frente às instalações do CCPM.

A tentativa de bater o recorde do Guinness está agendada para as 13:00, estando previsto após o evento a actuação de diversos grupos e músicos, incluindo do cantor Rui Bandeira vindo de Portugal.

O Livro de Recordes do Guinness é publicado anualmente e contém uma colecção de recordes reconhecidos internacionalmente, quer em termos de desempenho humano como de extremos da natureza.


Voltar a Sol Português