1ª PÁGINA


Casa das Beiras de Toronto:

Chanfana em noite dedicada a sócios e voluntários

Por Jonathan Costa
Sol Português

Para a Casa das Beiras de Toronto a noite do último sábado (12) foi de agradecimento e convívio ao celebrar a Festa do Sócio, um encontro que reuniu perto de duas centenas de pessoas nas suas instalações.

Para este jantar anual que é oferecido pela Direcção como forma de agradecimento pelo esforço, dedicação e apoio demonstrados pelos sócios e voluntários ao longo do último ano – bem como dos 18 que denotam a sua existência – o cardápio foi especial e constituído por chanfana, um prato regional muito apreciado e de difícil confecção.

Como destacou o presidente da colectividade, "queríamos fazer algo especial para lhes agradecer, e decidimos organizar este jantar de chanfana, que todos adoram, acompanhado por estes grandes artistas que aqui vão actuar".

Bernardino Nascimento referia-se à actuação do rancho da casa, o Académico de Viseu, assim como do cantor Dinis Brites, vindo de Portugal, e que foram fonte de entretenimento para o serão.

Entretanto, Carlos Almeida, que integra a equipa de cozinheiros responsável pelo jantar, desvendou alguns dos segredos na confecção da chanfana, que descreveu como "um prato típico de Coimbra".

Como realçou, é "composto por carne de cabra velha, demolhada em vinho e certos temperos durante dois dias" e cozinhada "durante quatro horas", o que a deixa extremamente tenra e saborosa.

"É servida tradicionalmente com batatas e vegetais e é especialmente bem acompanhada por vinho tinto", referiu ainda, adiantando que o esforço dos cozinheiros da Casa das Beiras nessa noite foi especialmente apreciado: "Estamos a receber imensos elogios, o que nos deixa orgulhosos", concluiu.

A casa encontrava-se cheia e as mesas repletas de convidados que conversavam animadamente, partilhando gargalhadas e memórias passadas nesta colectividade.

Terminada a refeição e após um breve período de descontracção, Katia Caramujo, presidente do Conselho de Presidentes da Aliança dos Clubes e Associações Portuguesas do Ontário (ACAPO), procedeu à revelação dos vencedores e premiados da edição 2018 do Concurso de Pesca da Casa das Beiras.

Chamados a receber os seus troféus foram Kayla Leme e Daniel Flores, respectivamente, 1.º e 2.º lugares na categoria infantil – este último a receber também o prémio pelo maior número de peixes que foram pescados durante a competição.

O concurso incluiu também uma competição por equipa, prova que foi ganha pela Prego Disposal, seguida de os Pequenos Pescadores e os Nortanilos a completaram os três primeiros lugares.

Já na categoria de adultos, o grande vencedor foi Luís Vieira, seguido por Manuel da Costa, José Flores, Manuel Vieira e Sérgio Gonçalves, cada um a receber uma placa com o logótipo da Casa das Beiras e que lhes foram entregues por Bernardino Nascimento.

Luís Vieira acabaria por sair de mãos cheias, ao receber também o primeiro prémio na categoria de maior peixe e como representante da equipa Prego Disposal.

Fernando Maia, organizador e responsável pelo concurso, seria também premiado e aproveitou para partilhar algumas palavras com o público, salientando que todos os participantes "estão de parabéns" e deixando ainda um agradecimento aos concorrentes, ao presidente da colectividade e "a todos que compõem esta fantástica casa".

O número de participantes nesta edição do concurso foi menor do que o habitual, o que Bernardino Nascimento explicou à nossa reportagem ter-se devido à sua realização numa data mais tarde do que é habitual.

"O nosso concurso de pesca era suposto ter sido realizado em Julho do último Verão, mas devido às más condições climatéricas tivemos que adiá-lo para Setembro", referiu o presidente, indicando que por isso, "infelizmente perdemos muitos concorrentes que não podiam participar nessa altura do ano".

Contudo, mostrou-se satisfeito com o resultado e como declarou ao jornal Sol Português: "estamos felizes por premiar estes grandes pescadores", adiantando que "são todos vencedores".

Entretanto e em antecipação do serão musical a que momentaneamente se iria dar início, Katia Caramujo partilhou connosco a importância de que se revestia o convívio que ali se celebrava, expressando a sua expectativa de "ver todos brevemente a encher a pista de dança com muita alegria".

Como salientou, "esta noite é de agradecimento a toda esta família que forma esta grande instituição", considerando que "é este espírito de família que torna este centro cultural num símbolo da nossa comunidade".

O espectáculo contou com som e luzes a cargo da Five Star Productions e abriu com uma exibição do rancho Académico de Viseu que foi recebido de imediato com uma grande salva de palmas e as quais se foram intensificando ao longo da sua actuação.

O grupo divertiu com os seus animados passos de dança e coloridos trajes tradicionais, com crianças e adultos, em equipa, a dançarem e cantarem em representação da etnografia regional beirã.

Por fim, e com o público a começar a dirigir-se à pista de dança, ansiando pela primeira exibição de Dinis Brites no palco da Casa das Beiras, o cantor entrou em palco e conquistou de imediato, interpretando os seus maiores êxitos, incluindo "Eu sou o pai da criança" e "Já me calhou o euromilhões", muitas vezes em uníssono com o público que demonstrava grande conhecimento e carinho pelos versos.

A inesgotável energia e boa disposição que demonstrou em palco pareceu transbordar para a pista de dança, onde dezenas de casais e pares dançavam ao ritmo das suas melodias.

O cantor viria a convocar toda a equipa de cozinha da Casa das Beiras, agradecendo-lhes publicamente pelo excelente e árduo trabalho demonstrados ao longo de toda a noite.

Em declarações ao jornal Sol Português, o artista indicou que esta que é a sua primeira digressão a Toronto tem estado a correr muito bem e mostrou-se impressionado com a comunidade portuguesa.

"Cheguei no final de Dezembro e tenho actuado em várias casas da comunidade", destacou, indicando ter sido "recebido com enorme carinho e dedicação por toda esta comunidade portuguesa maravilhosa", à qual desejou um feliz ano novo,

"Sinto esse vosso orgulho na tradição e cultura portuguesa, especialmente pela nossa música, e tal enche-me o coração", afirmou Dinis Brites, concluindo com um agradecimento "por me convidarem e me deixarem fazer parte desta família incrível".

A próxima grande realização da Casa das Beiras será a comemoração do seu 19.º aniversário, efeméride que está já a preparar e será assinalada a 2 de Fevereiro numa gala que conta com a visita do deputado José Cesário, da Assembleia da República Portuguesa, e um espectáculo com a banda Sagres.


Voltar a Sol Português