1ª PÁGINA


Canadá pode autorizar vacinação de crianças de 5 a 11 anos dentro de "uma a duas semanas"

A Health Canada diz que a decisão de autorizar a vacinação de crianças contra a Covid-19 será dada "nas próximas duas semanas", deixando em aberto a possibilidade de que algumas possam já estar pelo menos parcialmente protegidas da doença até ao Natal.

A notícia surge numa altura em que algumas regiões do país registam um aumento no número de casos de Covid-19, ao aproximar-se a época natalícia.

A consultora médica do Canadá, dra. Supriya Sharma, indicou na passada sexta-feira (12), em tele-conferência perante a comunicação social, que a entidade reguladora continua a sua avaliação da injecção da Pfizer-BioNtech para crianças entre os cinco e os 11 anos de idade, a qual foi autorizada para uso nos Estados Unidos no início deste mês.

Por sua vez, a dra. Theresa Tam, responsável pelos serviços de saúde do Canadá, observou que a população com menos de 12 anos – a única faixa etária que não é ainda elegível para ser vacinada – continua a registar as maiores taxas de incidência de Covid-19 no país.

A ser concedida nas próximas duas semanas, a autorização de vacinação poderá dar às crianças acesso à primeira injecção – e potencialmente à segunda – antes do Natal, desde que o Canadá receba de imediato o fornecimento das doses que foram criadas especificamente para elas e que as províncias as consigam distribuir rapidamente.

O governo federal anunciou no mês passado que logo que fosse dada a aprovação iria receber 2,9 milhões de doses da Pfizer para as crianças.

O Centro para o Controlo e Prevenção de Doenças dos EUA autorizou a administração de uma segunda dose para crianças três semanas após a primeira injecção, mas o Comité Consultivo Nacional de Imunização do Canadá poderá recomendar um intervalo maior.

De acordo com informações partilhadas pela dra. Theresa Tam, mais de 28 milhões de pessoas, ou 85 por cento da população elegível com mais de 12 anos, estão agora totalmente vacinadas, embora continuem a existir "lacunas consideráveis na cobertura de vacinação".

Estas incluem mais de cinco milhões de pessoas elegíveis que ainda não se vacinaram e cerca de 4,3 milhões de crianças com menos de 12 anos.


Voltar a Sol Português