1ª PÁGINA


John Tory convoca comunicação social étnica na recta final da campanha eleitoral

Por João Vicente
Sol Português

A pouco mais de uma semana das eleições, o presidente da Câmara de Toronto, John Tory, convocou os órgãos de comunicação social étnicos para uma conferência de imprensa, que se realizou no passado sábado (13), durante a qual apresentou os principais aspectos da sua campanha de reeleição e respondeu às perguntas dos jornalistas.

Durante a apresentação da sua plataforma eleitoral, John Tory indicou ser necessário melhorar o trânsito nas ligações às comu-nida-des da periferia, tanto a noroeste como a nordeste, para eliminar o seu relativo isolamento ao possibilitar melhor acesso a empregos.

Criar habitação de renda acessível e restringir os aumentos do imposto predial ao nível da inflação são outros dos objectivos do autarca, que diz pretender trabalhar com os vereadores e os governos provincial e federal como condição essencial para se conseguirem bons resultados.

Instado a pronunciar-se sobre a criminalidade que tem vindo a aumentar, sobretudo sobre a vaga de crimes que se intensificou de forma dramática desde o Verão, John Tory admitiu que houve, realmente, um "aumento relativo", mas considera que Toronto continua a ser, no plano das grandes cidades, a mais segura na América do Norte e uma das mais seguras do mundo, passando depois a enumerar três medidas que quer implementar.

Assim, e no sentido de melhorar a situação, indicou pretender a contra-tação de 200 novos agentes da polícia este ano e outros tantos em 2019 com a ajuda do governo de Doug Ford; alterar algumas leis no sentido de proibir o porte de armas de fogo na cidade; e investir em programas destinados a crianças e famílias – especialmente em bairros desfavo-re-cidos – a fim de evitar que os jovens sejam induzidos a juntar-se a organizações criminosas e quadrilhas.

A legalização da canábis foi outro dos assuntos sobre os quais foi questionado, admitindo estar "muito preocupado" com a forma como o processo está a decorrer pois considera existirem ainda muitas incógnitas.

Também o racismo foi tema de conversa, com o autarca a dar conta de vários casos dos quais tem conhecimento e para os quais procura encontrar solução, nomeadamente consultando as comunidades afectadas directamente para se inteirar da raiz dos problemas e tentar melhorar o acesso a empregos ao levar feiras de trabalho até essas comunidades.

Entretanto, ficou-se a saber que "o imposto de transferência de propriedades não vai desaparecer" pois a Câmara depende deste rendimento para equilibrar o orçamento, e que estão em implementação planos para incluir empresas lideradas por membros de minorias raciais nos concursos públicos da autarquia para fornecimento de bens e serviços.

As eleições autárqui-cas vão realizar-se na próxima segunda-feira, dia 22 de Outubro, em todos os municípios do Ontário, incluindo Toronto.


Voltar a Sol Português