1ª PÁGINA


Toronto:

Número de crimes violentos cometidos por adolescentes continuam a aumentar

O isolamento resultante do período da pandemia de covid-19 e a influência das redes sociais podem estar por trás do aumento no número de crimes violentos cometidos por adolescentes em Toronto.

Esta é uma das conclusões de um grupo de pesquisadores da Universidade Wilfrid Laurier, no sul do Ontário, que tem vindo a estudar este fenómeno, particularmente relevante numa altura em que a Polícia de Toronto está a investigar um número crescente de casos que envolvem agressões, supostamente cometidas por jovens.

Segundo os especialistas desta universidade localizada no sul do Ontário, os crimes praticados por jovens parecem estar relacionados com a covid-19 e com o isolamento a que esta doença obrigou, bem como à solidão e aos problemas de saúde mental que daí advieram.

Para estes investigadores, as redes sociais estão também cada vez mais a ser usadas para fins que em nada são positivos e podem estar também a contribuir para o aumento da criminalidade entre os jovens.

De acordo com dados divulgados o mês passado pela Polícia de Toronto, 622 jovens entre os 12 e os 29 anos foram vítimas de esfaqueamentos e 586 foram acusados deste tipo de crimes entre Janeiro de 2021 e Novembro de 2022.

Recentemente, e a título de exemplo, a Polícia de Toronto acusou de homicídio oito adolescentes, todas elas com idades entre os 13 e os 16 anos, por terem esfaqueado mortalmente um sem-abrigo em Dezembro, alegadamente para lhe roubarem uma garrafa de bebida.

Já no final da semana passada, as forças policiais solicitaram a colaboração do público para tentarem localizar várias pessoas que foram agredidas em várias estações de transportes públicos, alegadamente por um grupo de adolescentes do sexo feminino.

Entretanto, outro grupo de oito a 10 jovens agrediu aleatoriamente várias pessoas no dia 17 de Dezembro, em diferentes ruas da baixa torontina, situação que se desenrolou ao longo de cerca de duas horas, entre as 22h00 e a meia-noite.

O aumento da criminalidade juvenil em Toronto é um facto que, para além de preocupar a população e as autoridades, está continuamente a ser alvo de estudo, mas a situação não é exclusiva à cidade e ocorre um pouco por todo o país.

Também em Winnipeg, capital da província de Manitoba, as autoridades estão a braços com um aumento da criminalidade juvenil e expressam preocupação.

De acordo com um relatório dos Serviços Policiais de Winnipeg relativo às estatísticas criminais em 2021 – já então acima dos valores normais – em média, a cidade regista a ocorrência de um crime cometido por jovens a cada oito horas, sendo que a cada 13,4 horas é cometido um crime violento.


Voltar a Sol Português