1ª PÁGINA


Canadá/Covid-19:

Grandes festivais e eventos de Verão cancelados, mas Ontário continua intento em reabrir economia

Enquanto a nível mundial o número de casos confirmados de Covid-19 rondava no início desta semana os cinco milhões e os óbitos mais de 320.000 – com acréscimos, respectivamente, de quase um milhão e meio e 70.000 em relação à semana anterior – no Canadá o aumento do número de casos começava a dar sinais de abrandar.

Ao todo, os óbitos aumentaram em mais de 2.000, atingindo agora a fasquia dos 6.000, enquanto que o número de infectados acresceu perto de 20.000 novos casos, cifrando-se em torno dos 80.000 – com a província do Quebeque mais uma vez a registar o maior acréscimo de ambos (10.000 novos casos e mais 1.200 óbitos).

A meio da semana anterior, com o encerramento da fronteira ainda em vigor durante mais uma semana, o Primeiro-ministro canadiano, Justin Trudeau, declarou que era ainda muito cedo para enfrentar os desafios que resultariam do restabelecimento da circulação com os Estados Unidos da América (EUA).

Algumas fontes indicavam que o Canadá teria já requisitado mais uma extensão de 30 dias no encerramento da fronteira, até 21 de Junho, o que se viria subsequentemente a confirmar esta semana.

Justin Trudeau considera que o regresso à normalidade em ambos os lados da fronteira irá requerer um aumento nos recursos necessários para lidar com o antecipado aumento de chegadas dos EUA, enquanto que a Dra. Theresa Tam, directora do sistema de saúde canadiano, opina que a gravidade dos focos infecciosos no país vizinho exige que se proceda "com o máximo cuidado"

Segundo a responsável pelos serviços de saúde, o Canadá vai utilizar um teste de anti-corpos recentemente aprovado para determinar quantas pessoas contraíram Covid-19 no país, embora saliente que é ainda prematuro interpretar os resultados para determinar se os que venceram a infecção conseguiram imunidade à reinfecção por se desconhecer a eficácia desses anti-corpos.

O Serviço de Saúde Canadiano revelou que ao longo dos próximos dois anos iriam ser colhidas e testadas pelo menos um milhão de amostras de sangue para rastrear o vírus na população geral e em grupos específicos de maior risco, tais como os idosos e funcionários de saúde.

A Dra. Theresa Tam reiterou o conselho de que quem vive em zonas onde o vírus está ainda a propagar-se deve usar máscaras não-clínicas quando não puder manter a necessária distancia das outras pessoas, pautando-se esse uso pelo que estiver a acontecer e o tipo de actividade/ambiente em que se encontra.

A médica incentivou ainda as pessoas a não evitarem procurar cuidados médicos quando necessário e a manterem as vacinas em dia para evitarem o alastramento doutras doenças.

Entretanto, o Primeiro-ministro incentivou os estudantes e recém-graduados a abrirem contas no departamento fiscal do governo com antecedência para que a partir dessa sexta-feira (15) pudessem candidatar-se às verbas que lhes foram disponibilizadas pelo governo federal.

O governo criou também um fundo de recuperação regional para as empresas que não se qualificavam para outros programas de apoio, desta feita no montante de 1.000 milhões de dólares, a ser administrado por seis agências regionais de desenvolvimento.

Como seria de esperar, e segundo o Departamento de Estatísticas do Canadá, os dados revelam um aumento no número de mortes em nove províncias e territórios nos primeiros três meses deste ano em relação ao mesmo período do ano anterior.

Contudo, dados sobre o Ontário, a segunda província mais afectada pela pandemia, não constavam do documento.

Com 180 lares a registarem focos de infecção e após terem falecido mais de 1.200 idosos com Covid-19, um novo decreto passou a autorizar o governo do Ontário a controlar a gerência das instituições mais atingidas caso registem um elevado número de infecções ou mortes, ou faltas de pessoal.

O governo provincial anunciou ainda que os utentes do Ontario Drug Benefit Program deixariam de ter de pagar a taxa de avio de receitas até dia 1 de Julho em qualquer receita para mais de 30 dias que tenha que ser aviada às prestações.

No mesmo comunicado foi ainda anunciado que tanto os agregados familiares já a beneficiarem do Programa de Medicamentos Trillium como os que acabam de se qualificar podem candidatar-se a uma reavaliação salarial para ajudar a reduzir os encargos.

Segundo a ministra da Saúde do Ontário, Christine Elliott, o governo provincial vai adicionar a vasculite inflamatória multi-sistemas à definição de sintomas de Covid-19 e monitorizar as crianças infectadas, após terem sido detectados casos desta doença rara em algumas crianças com Covid-19, embora a ligação entre as duas doenças não tenha ainda sido confirmada.

Os pais devem contactar imediatamente o médico de família caso as crianças apresentem sintomas desta inflamação, que pode envolver febre persistente, dores abdominais, sintomas gastro-intestinais, incluindo náuseas, vómitos e diarreia, assim como irritação da pele.

Entretanto o Hospital Toronto Western anunciou um quinto foco de infecção, após cinco dos seus funcionários do departamento de emergência terem tido testes positivos de Covid-19.

A nível de Toronto, o Presidente da Câmara, John Tory, declarou a intenção da autarquia permitir aos restaurantes utilizarem uma parte dos passeios para aumentarem o tamanho das suas esplanadas logo que o governo provincial os autorize a voltarem a servir à mesa.

John Tory disse ainda que assim que receber autorização da província tenciona reabrir os espaços onde é habitualmente permitido passear os cães sem trela, mantendo-se no entanto as exigências de distanciamento entre as pessoas.

O edil pediu ainda aos funcionários municipais para que preparem os cinco campos de golfe da autarquia para uma reabertura rápida.

O departamento responsável pelo estacionamento em Toronto, que tem a seu cargo os parques de estacionamento "Green P", os parquímetros de rua e o programa Bike Share, anunciou deparar-se com um défice semanal de 1,66 milhões de dólares devido às medidas implementadas para combater a propagação da Covid-19 que reduziram as receitas em 90 por cento, em comparação com o ano passado na mesma altura.

John Tory anunciou uma parceria entre a firma Ritual ONE e o município de Toronto para a criação de um sistema para encomendas destinado a pequenas empresas do sector alimentar, com opções para takeout ou entrega, entre outras, que oferece uma isenção vitalícia de comissão e tarifas às empresas que se inscreverem antes de 1 de Julho.

Com o aproximar do fim-de-semana, Justin Trudeau anunciou novos subsídios, desta feita destinados aos pescadores que foram afectados pela crise da Covid-19 e que poderão substituir 75 por cento dos rendimentos perdidos, até um máximo de 10.000 dólares para quem teve uma queda de 25 por cento ou mais nas receitas.

A medida está orçada em 470 milhões de dólares.

O Primeiro-ministro disse ainda que o governo iria aplicar novos regulamentos às embarcações em Junho, nomeadamente interditar os barcos de passeio nas águas costeiras do Árctico e nas regiões costeiras do Quebeque e Labrador.

Justin Trudeau indicou também que o governo irá investir mais no apoio às comunidades indígenas, especificamente em iniciativas dirigidas a estudantes inuítes e métis, assim como a empresas indígenas, além de contribuir com mais verbas para os serviços de apoio e abrigos para mulheres e crianças que tentem fugir à violência doméstica.

Segundo o director de saúde das comunidades indígenas, Dr. Tom Wong, a taxa de mortalidade por Covid-19 nas reservas das Primeiras Nações mantinha-se abaixo do resto do Canadá, com 185 casos confirmados e duas mortes até àquela data.

Entretanto o sindicato que representa os guardas aduaneiros indicou que estes funcionários precisam de mais apoios para poderem examinar os viajantes que passam pelas fronteiras e determinar se estão infectados com Covid-19.

Por seu turno, o ministro do Ambiente, Jonathan Wilkinson anunciou que alguns dos parques nacionais irão reabrir parcialmente a partir de 1 de Junho, dando acesso a áreas de uso diurno e espaços verdes, além de permitir também o uso de barcos de recreio em locais históricos e áreas nacionais de conservação marinha, embora acampar continue interdito pelo menos até 21 de Junho.

O governo provincial anunciou que seriam implementadas novas directrizes para os testes de Covid-19, pois já estariam quase completos os testes de 77.000 residentes em lares de terceira idade, assim como de dezenas de milhares de funcionários que neles trabalham, o que permitiria dedicar alguns desses recursos a outras pessoas consideradas vulneráveis.

Segundo o ministério de Cuidados Continuados, tinham falecido até à data 1308 residentes em lares, assim como cinco funcionários.

Entretanto, de Bobcaygeon chegou notícia de que uma dessas instituições, onde faleceram 29 idosos, tinha sido declarada livre de contágio quando nenhum dos residentes apresentou sintomas durante pelo menos 14 dias.

A província do Ontário anunciou que a partir desta terça-feira (19) seriam dados novos passos rumo à reabertura, mas o Primeiro-ministro Doug Ford avisou que os restaurantes teriam de continuar fechados por enquanto, limitando-se a servir para takeout ou entrega e a vender vinho, cerveja e bebidas espirituosas para fora.

Foi também no final da semana que o município de Toronto começou a interditar o trânsito automóvel em grandes áreas, tanto em ruas principais como secundárias, numa tentativa de facilitar o distanciamento físico entre peões e ciclistas, uma iniciativa apelidada de ActiveTO que veio afectar cerca de 57 quilómetros de vias públicas na cidade.

Entretanto a companhia Uber informou que iria passar a exigir que tanto os seus condutores como os passageiros usem máscara a partir de 18 de Maio, indicando ainda que ninguém se poderá sentar no assento da frente ao lado do condutor.

Na recta final da semana, Justin Trudeau anunciou que o subsídio salarial concedido aos empregados de empresas gravemente afectadas pelo Covid-19, e que estava para terminar na primeira semana de Junho, iria ser prolongado até ao final de Agosto na esperança de que as entidades patronais tivessem assim mais capacidade de manobra e confiança para retomarem lentamente as suas operações.

O Primeiro-ministro revelou ainda um apoio salarial na ordem dos 450 milhões de dólares para as universidades e institutos que fazem pesquisa na área da saúde, para que possam continuar a empregar os cerca de 15.000 cientistas em risco de despedimento por não se qualificarem para os subsídios salariais anteriormente anunciados por motivos "meramente técnicos".

Entretanto as Forças Armadas canadianas revelaram que cinco dos seus elementos que tinham sido destacados para ajudar em lares de idosos tinham tido testes positivos da Covid-19 – quatro no Quebeque e um no Ontário.

Por seu turno, a transportadora aérea Air Canada anunciou o despedimento temporário de pelo menos 20.000 funcionários a partir de 7 de Junho devido ao impacto que a pandemia tem tido no sector.

No sábado (16) Justin Trudeau viria a revelar que o governo se preparava para trabalhar de perto com a companhia aérea, a fim de determinar se seria possível oferecer-lhe mais ajuda.

Enquanto isso, um relatório publicado pelo Centro Canadiano para Políticas Alternativas indicou que as higienistas dentais, cabeleireiros e barbeiros, e as pessoas que trabalham com crianças ou servem comida ao público têm um risco acrescido de contraírem Covid-19 devido ao contacto directo a que a sua actividade obriga.

A directora dos serviços de saúde da autarquia de Toronto, dra. Eileen de Villa, viria a revelar que à lista inicial de sintomas de Covid-19, e que se sabia incluir febre, tosse e dificuldade em respirar, se juntavam agora também dores de cabeça e de garganta, nariz a pingar, náusea, diarreia e dores abdominais.

Segundo revelou, os residentes no município podem fazer o teste num dos centros de despistagem da Câmara caso sintam um ou mais desses sintomas.

Entretanto John Tory anunciou o cancelamento de eventos organizados ou licenciados pela Câmara para mais de 250 pessoas até 31 de Julho e para mais de 25.000 até 31 de Agosto, não incluindo nesse rol eventos desportivos profissionais.

Ficou igualmente a saber-se que tinham sido cancelados os campos de férias e programas de recreio a cargo da Câmara, enquanto a autarquia prepara um "modesto" plano alternativo, a ser revelado em meados de Julho, caso as circunstâncias melhorem e o governo provincial o permita.

Os torontinos vão também passar a poder ler um livro ou usar toalhas de piquenique nos espaços verdes sem receio de serem incomodados pelos fiscais municipais, desde que todas as pessoas que estiverem reunidas morem juntas e se mantenham a dois metros de distância dos restantes utentes.

Contudo, o uso de mesas de piquenique e doutras estruturas nos parques e jardins municipais continua interditado.

No sábado (16), Justin Trudeau anunciou que o Departamento de Saúde do Canadá tinha aprovado os primeiros ensaios clínicos de uma potencial vacina contra Covid-19.

No dia seguinte, a tournée nacional da equipa de jactos acrobáticos das Forças Aéreas canadianas, Snowbirds, sofreu um grande revés quando um dos aparelhos se despenhou, provocando a morte da capitã Jennifer Casey e ferimentos graves no capitão Richard MacDougall.

Entretanto o fim-de-semana prolongado pelo feriado de Victora Day, que se temia viesse a levar grande multidões até áreas remotas do Ontário em busca do refúgio das suas casas de férias e da calma do campo, não se traduziu em situações problemáticas, com a polícia provincial a detectar um volume de viajantes inferior ao normal.

A partir da meia-noite de segunda-feira os estabelecimentos de venda a retalho de Toronto com porta para a rua passaram a poder deixar entrar os clientes, desde que imponham medidas de distanciamento físico, tanto para os funcionários como para clientes e membros do público em geral.

A nível provincial procedeu-se à próxima fase da reabertura, que incluiu a suspensão de algumas das restrições impostas a lojas e à prática de cirurgias.

Contudo, e embora os locais de trabalho tenham tido autorização para começarem a retomar as actividades normais, o governo pediu para que os funcionários continuem a trabalhar de casa tanto quanto possível.

Esta fase permite também que se reinicie todo o tipo de construção civil e autoriza a reabertura dos campos de golfe, embora o uso das instalações continue restrito às casas de banho e ao serviço de takeout.

Além de prolongar todos os decretos de emergência que têm estado em vigor desde 17 de Março, o governo provincial anunciou a criação de uma comissão independente para investigar o sector de cuidados continuados, que deverá arrancar em Setembro, contando definir entretanto os termos de referência, a liderança da comissão e os prazos a cumprir.

O prolongamento das ordens de emergência significa que os ajuntamentos de pessoas continuarão limitados a um máximo de cinco até ao fim-de-semana que vem, embora os serviços religiosos em regime de drive-in passem a ser permitidos desde que os fiéis observem as distâncias decretadas.

Foi entretanto revelado que os alunos não voltarão à escola neste ano lectivo, ficando por isso limitados às lições e ao ensino que lhes tem sido facultado à distância até ao fim do mês de Junho.

Haverá, no entanto, escola de Verão em regime voluntário e serão permitidos os campos de férias, mas apenas durante o dia e com autorização do sistema de saúde local.

Segundo ainda o ministro da Educação, Stephen Lecce, o plano para a reabertura das escolas em Setembro será anunciado até ao fim de Junho.

Entretanto, segundo revelaram os responsáveis, o jardim zoológico de Toronto vai reabrir a partir de amanhã, sábado (23), mas apenas para visitas de carro – uma espécie de passeio ao longo do gigantesco complexo mas durante o qual os visitantes não podem sair dos seus veículos.

Os bilhetes estão à venda desde hoje, sexta-feira (22), no portal torontozoo.com/scenicsafari.


Voltar a Sol Português