1ª PÁGINA


Julie Dzerowicz pronta para voltar a representar Davenport em Otava

Deputada federal viu confirmada a sua reeleição no distrito eleitoral mais
português do Canadá

A deputada federal Julie Dzerowicz diz-se preparada para voltar a representar Davenport em Otava, depois de receber confirmação oficial da sua reeleição para um terceiro mandato no distrito eleitoral que tem a mais forte representação da comunidade portuguesa no país.

À semelhança do que aconteceu em três círculos eleitorais na província do Quebeque na sequência das mais recentes eleições federais, foi solicitada uma recontagem judicial dos votos na circunscrição eleitoral de Davenport, processo que entretanto foi terminado a pedido do requerente após a realização de uma recontagem parcial.

Recorde-se que a indicação inicial da vitória de Julie Dzerowicz por uma pequena margem de votos, após concluída a contagem de todos os boletins de voto especiais, surgiu dois dias após as eleições federais de 20 de Setembro que confirmaram a segunda minoria consecutiva para os Liberais liderados por Justin Trudeau.

"Honrada e privilegiada que os residentes de Davenport tenham depositado a sua confiança em mim para um terceiro mandato", a deputada deixa também uma palavra de agradecimento à sua principal rival, a candidata do partido NDP, Alejandra Bravo, com a qual travou uma luta renhida "fez uma campanha árdua e se colocou ao serviço da nossa comunidade".

No último boletim de notícias (datado de 15 de Outubro), Julie Dzerowicz reitera o seu compromisso em "representar os interesses dos diversos eleitores de Davenport e trabalhar arduamente para apresentar resultados positivos" para a comunidade que serve, ao mesmo tempo que promete concentrar-se na criação de "alterações transformacionais" que levem ao surgimento dos "processos e sistemas de que precisamos para criar um país ainda melhor".

Entre as prioridades, sublinha o compromisso do governo federal em "acabar com a pandemia de Covid-19", criar creches acessíveis, "com um custo para os pais de 10 dólares por dia", lutar contra as alterações climáticas, promover a reconciliação com os povos indígenas, tornar a habitação mais acessível e "procurar resolver os grandes problemas que os canadianos enfrentam".

A deputada refere também que os moradores de Davenport "vão notar algumas secções novas" nas suas comunicações semanais por e-mail e uma maior rapidez no tempo de resposta, para poderem estar devidamente informados a todos os níveis.

Entretanto, a cerimónia de tomada de posse do governo terá lugar na próxima terça-feira (26), o terceiro mandato do Primeiro-ministro Justin Trudeau que se diz concentrado sobretudo em concluir a luta contra a Covid-19 e reconstruir a economia devastada pelas medidas de contenção da pandemia.

O Parlamento está previsto retomar a actividade a 22 de Novembro.


Voltar a Sol Português