PENA & LÁPIS


Secretárias adoptam novo figurino

Por Faustino Vicente
Sol Português

Cada vez mais, o mercado de trabalho requisita profissionais multitarefa, ou seja, capazes de executar diferentes actividades ao mesmo tempo.

De mandona a meiga, de negra a branca, de principiante a experiente, de "extintor de incêndio" a anjo da guarda, todas as participantes do desfile de milhões de secretárias do mundo inteiro, conquistaram esse singular lugar nas organizações, públicas e privadas, graças a formação profissional, competências eclécticas e simpatia – triângulo do sucesso.

Durante uma palestra para cerca de 300 secretárias, fomos questionados com várias perguntas, tendo uma delas se destacado pela sua abrangência e profundidade: qual o nosso futuro profissional? Ser uma secretária virtual ou, simplesmente, uma ex-secretária? Legalmente e com todos os méritos, hoje, o termo correcto é: Profissional de Secretariado.

Ratificamos o que respondemos no evento, afirmando que grande parte das responsabilidades da profissão é encontrada no Livro dos Provérbios, nas antigas civilizações gregas e egípcias, atribuições que deverão perdurar ao longo dos tempos. Não visualizo a perda de importância da nova roupagem da profissão, a qual se transformou numa destacada passarela que abre espaço para voos mais altos, dentro das organizações.

Até em filmes como "Uma Secretária de Futuro", tendo por estrela Melanie Griffith, que interpreta a eficiente, mas exageradamente ambiciosa secretária, em "Loucuras de Amor" onde a então estonteante Marilyn Monroe contracenou com o incrível Groucho Marx, em "Amor Electrónico" com a excepcional Katerine Hepburn, ou ainda na novela brasileira "A Indomada", com a caricata Mérilu, podem-se encontrar ingredientes especiais sobre a receita do sucesso em tão atraente profissão.

Observando os requisitos indispensáveis de uma secretária de uma grande empresa transnacional, de um profissional liberal ou de um pequeno empreendimento, concluímos que o essencial resume-se na conduta ética, competência técnica e habilidade ecléctica.

Com as profundas transformações estruturais e tecnológicas provocadas pela globalização, o futuro destas profissionais continua vinculado ao significado original da palavra secretária – secretum (do latim): aquela que guarda segredo de outrem – conduzindo-a a uma assessoria executiva, com todas as prerrogativas do cargo. O sucesso na carreira passa, obrigatoriamente, por cursos específicos de Secretariado e pela participação continuada em eventos e actividades que potencializem o seu talento e, elevem o seu desempenho.

A habilidade na operação dos modernos meios de comunicação electrónica, com os seus processadores de textos, Internet, softwares dos mais sofisticados, Intranet e outros dispositivos, têm contribuído com o sistema de excelência em gestão das empresas, de todos os portes e segmentos. A fusão de empresas multinacionais evidencia que o domínio do inglês tornou-se obrigatório, mas ser fluente em mais de um idioma, poderá representar a diferença, que por sua vez fará a diferença na ascensão da carreira.

A busca incessante da redução de custos operacionais tem exigido que uma mesma funcionária atenda a várias Directorias, ou sectores da empresa, desempenhando uma multiplicidade de tarefas que têm sido facilitadas graças ao quotidiano da mulher, que sempre exigiu dela a tão propalada empregabilidade, mesmo quando o termo não era usual no mercado de trabalho.

Saber aplicar os fundamentos de administração de empresa, estar em sintonia com o planeamento estratégico, primar pelo relacionamento interpessoal com os clientes/fornecedores internos e externos, e, principalmente, ter habilidade para lidar com a imprevisibilidade do chefe, são aviamentos de um figurino que, cada vez mais, ganha silhueta gerencial.

Com a lembrança de que a prioridade zero da secretária de sucesso é saber, exactamente, o que ela nunca deve fazer, encerramos com o bordão daquela simpática comediante da TV brasileira: "está provado que eu não sou apenas um rostinho bonito, mas que aqui tem muita cuca (cabeça) no lance".

Faustino Vicente é Consultor de Empresas e de Órgãos Públicos, Advogado e Professor em Jundiaí (Terra da Uva), São Paulo - Brasil e pode ser contactado pelo e-mail: faustino.vicente@uol.com.br,


Voltar a Pena & Lápis


Voltar a Sol Português