SAÚDE & BEM ESTAR


IPO de Coimbra investe mais de meio milhão de euros em ar condicionado e aquecimento

O Instituto Português de Oncologia (IPO) de Coimbra vai investir mais de meio milhão de euros na substituição de equipamentos de aquecimento, ventilação e ar condicionado (AVAC), foi anunciado.

A consignação da empreitada, que inclui a substituição das caldeiras e `chillers' (refrigeradores de água), no valor de 538.347,19 euros, acrescido de IVA, decorreu segunda-feira , refere a unidade de saúde em comunicado.

Com esta obra, cujo prazo de execução é de 89 dias, o IPO de Coimbra procede à substituição das actuais três caldeiras por duas caldeiras de condensação.

"A empreitada prevê ainda a execução de uma nova chaminé de exaustão de fumos em inox, a substituição de sete `chillers' por equipamentos mais eficientes e a substituição de 45 bombas de circulação", salienta o comunicado.

A intervenção insere-se numa candidatura aprovada pelo POSEUR - Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos, no montante de 1,9 milhões de euros, que incluiu a substituição da caixilharia térmica do IPO de Coimbra, a instalação de painéis solares para produção de energia e água quente para consumo próprio e iluminação `led' no interior e exterior do edifício.


Voltar a Saúde


Voltar a Sol Português