SAÚDE & BEM ESTAR


Covid-19: Aldeia em Freixo de Espada à Cinta reclama testes móveis após surgimento de surto

O presidente da Junta de Freguesia de Poiares, em Freixo de Espada, reclamou segunda-feira uma unidade móvel de testagem à Covid-19 para aquela freguesia onde apareceu um surto da doença, dada a distância dos locais de teste fixos.

"São cerca de 100 quilómetros para se chegar a Macedo de Cavaleiros e seria importante colocar aqui uma unidade de testagem à Covid-19. Mas não obtive uma resposta positiva por partes das entidades de saúde locais e da Câmara", vincou o autarca de freguesia.

Filipe Portela adiantou haver sete casos positivos na freguesia e garantiu à Lusa que recebeu "uma lista de cerca de 60 pessoas que estiveram em contacto com casos positivos e que ninguém está de quarentena. É preciso testar".

"Sei de uma pessoa que manifestou sintomas relacionados com a Covid-19 no sábado e só na quinta-feira fará o teste de despiste à doença. Os testes estão ser feitos às pinguinhas", concretizou.

O autarca de freguesia mostrou-se preocupado devido "a um foco de Covid-19 com pelo menos sete pessoas infectadas naquela aldeia", situação que está " a criar alarme social".

"Tenho conhecimento de pelo menos sete casos de Covid-19 na minha freguesia. Estes casos não me foram transmitidos por via oficial, mas sim pelas próprias pessoas que testaram positivo e que se encontram em isolamento", concretizou à Lusa Filipe Portela.

Já a presidente da câmara de Freixo de Espada à Cinta disse à Lusa que tem conhecimento "oficial" de cinco casos "positivos de Covid-19" e "de 21 pessoas em confinamento profilático".

"Estes dados foram-me fornecidos pela Unidade de Saúde Pública e pela GNR. Aguardo mais informações das entidades nas próximas horas ", disse Maria do Céu Quintas.

Por seu lado, o Agrupamento de Escolas Guerra Junqueiro, em Freixo de Espada à Cinta, numa nota assinada pela directora, aconselha os alunos que tiveram contactos com os casos positivos a ficarem em casa em isolamento profilático.

De acordo com os censos de 2011, a freguesia de Poiares tem 411 habitantes.

Em Portugal, morreram 1.920 pessoas dos 69.200 casos de infecção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direcção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detectado no final de Dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.


Voltar a Saúde


Voltar a Sol Português