1ª PÁGINA


"O tiroteio de domingo mostra que não está tudo bem em Toronto", diz Ford

O recém-eleito Primeiro-ministro do Ontário, Doug Ford, disse segunda-feira (23) no Parlamento provincial que o tiroteio de domingo à noite no distrito de Greektown, em Toronto, "provoca raiva, mas deve ser um catalizador para a mudança".

Ford lembrou também que os habitantes de Toronto sempre tinham considerado a sua cidade como segura, mas afirmou que os acontecimentos mais recentes abalaram essa confiança.

"O que aconteceu a noite passada lembra-nos que o actual estado das coisas não é suficientemente bom. Nós devemos fazer todos os possíveis para levar os criminosos à justiça, enquanto tentamos prevenir a ocorrência de outros tiroteios", afirmou Doug Ford.

O líder do governo do Ontário deixou ainda algumas pistas sobre as medidas que vai tomar para combater a violência com armas.

"Como primeiro-ministro, o meu compromisso é fazer tudo o que estiver ao meu alcance para manter os nossos bairros seguros. Garantiremos que a polícia tenha as armas e os recursos que precisa para desempenhar de modo eficaz a sua missão, e trabalharemos com os nossos parceiros municipais e federais para identificar, prender e condenar aqueles que cometam ou tentem cometer actos de violência."

Recorde-se que durante a campanha eleitoral, Doug Ford prometeu retomar o financiamento dos grupos especiais da polícia que combatem os gangues, em Toronto e em Otava.


Voltar a Sol Português