CANADÁ EM FOCO


Livro infantil da década de 1930 publicado no Canadá voltou para auxiliar refugiados ucranianos

Mais de 80 anos após a sua primeira publicação, um leitor escolar destinado aos filhos de imigrantes ucranianos no Canadá está a encontrar um novo lugar nas estantes.

O "The Little Book" (O Pequeno Livro) está a causar um grande impacto, publicado novamente num esforço de angariação de fundos para ajudar o povo da Ucrânia. Este começa com o ABC em cirílico, depois frases curtas e histórias em ucraniano.

Nas décadas de 1930 e 1940, quando os pioneiros ucranianos se estabeleceram em comunidades ao longo das pradarias, o "The Little Book" era um item básico nas salas de aula, uma maneira de os filhos de imigrantes estarem em contacto com o idioma.

"A minha mãe costumava leccionar numa escola com apenas uma sala de aula, perto de Edmonton", disse Lorene Shyba à CTV National News, acrescentando que essa foi uma maneira das crianças ucranianas-canadianas aprenderem a língua.

Agora, Lorene Shyba, que trabalha como editora na Durvile & Uproute Books em Millarville, Alberta, está a usar o livro antigo para construir um novo link para a Ucrânia: ela está a republicar uma versão traduzida do texto, com os lucros da venda a reverterem para a Fundação Canadá-Ucrânia.

No site da Durvile & Uproute Books, Lorene Shyba explica que a sua mãe e babka falavam ucraniano fluentemente e liam para ela o livrinho quando ela era criança.

O livro original saiu pela primeira vez em 1932 na Ucrânia, publicado pelos irmãos Basilian em Zhovkva, perto de Lviv, mas a empresa diz que a versão que está a ser republicada é uma versão actualizada.

O objectivo original de Lorene Shyba era angariar 10.000 dólares com a venda do livro para ajudar famílias deslocadas na Ucrânia. Todavia, só em pré-encomendas, já atingiram esse número antes mesmo da nova primeira edição ser impressa.

Até ao final de Abril, pelo menos 4000 exemplares serão entregues nas livrarias, e há uma versão em áudio com música e narração do primo de Shyba na Ucrânia, que vem da cidade de Odessa.

A tradução, às vezes, era um desafio, porque muitas das histórias escritas contidas no livro têm 80 a 90 anos ou mais, incluindo poemas do lendário escritor ucraniano Taras Shevchenko.

No entanto, Magda Stroinska, uma linguista, ofereceu-se para ajudar a traduzir "O Pequeno Livro", mostrando-se muito orgulhosa e feliz por contribuir para algo "que restabelece a ligação entre as gerações".

No Canadá, onde a diáspora ucraniana tem uma forte representatividade, o "The Little Book" voltou a ser popular, desta vez não apenas ajudando a celebrar a beleza e a língua da Ucrânia, mas ajudando os próprios civis que sofrem com a guerra.

O livro pode ser encomendado directamente da editora, ou através da Indigo ou Amazon.


Voltar a Canadá em Foco


Voltar a Sol Português