CANADÁ EM FOCO


Governo pretende construir segunda estação do metro em Thornhill na extensão da linha da Yonge

O governo do Ontário anunciou que vai adicionar uma quinta estação à extensão da linha do metro de Yonge Norte, apesar de anteriormente ter reduzido a escala do projecto face à subida meteórica dos custos.

O primeiro-ministro provincial, Doug Ford, indicou a 20 de Abril que o seu governo vai acrescentar mais uma estação – na Royal Orchard Boulevard, em Thornhill – ao percurso planeado de oito quilómetros, financiando a sua construção com as receitas provenientes das taxas cobradas às empresas responsáveis pela construção de dois novos bairros residenciais em Richmond Hill em torno das futuras estações Bridge e High-Tech.

Em comunicado, o governo refere que fará uso duma ordem ministerial para a rápida aprovação da necessária reclassificação dos terrenos, por forma a contornar elementos morosos do processo de aprovação pela autarquia local e "eliminar burocracias desnecessárias".

Apesar da expansão da rede de transportes públicos, alguns residentes dizem sentir alguma apreensão por recearem que os novos bairros venham a representar um grande aumento na densidade populacional em Richmond Hill.

A alteração ao escopo do projecto de expansão da linha do metro surge um ano depois do governo ter eliminado duas estações do percurso e alterado parte do trajecto por forma a que o metro circule à superfície, depois de ter constatado que o plano inicial elevaria o custo da obra de 5,6 mil milhões de dólares para 9,3 mil milhões.

A linha prolonga-se desde a estação Finch até norte da auto-estrada 7, em Richmond Hill, e as obras de construção estão previstas começar no final de 2023 e estar concluídas até 2030.


Voltar a Canadá em Foco


Voltar a Sol Português