SUPLEMENTO DESPORTIVO


Henrique Araújo faz `hat-trick' e Benfica conquista UEFA Youth League com goleada

O Benfica `vingou-se' segunda-feira (25) das três finais perdidas e conquistou, finalmente, a UEFA Youth League de futebol, após vencer com total domínio o Salzburgo, por 6-0, com um `hat-trick' de Henrique Araújo, `emprestado' pela equipa principal.

O avançado de 20 anos, que tem cinco jogos e um golo esta época com os seniores, juntou-se à equipa jovem dos `encarnados' e foi determinante no jogo do título, com golos aos 15, 57 e 89 minutos, o último na marcação de uma grande penalidade.

Martim Neto, aos dois minutos, o italiano Cher Ndour, aos 53, e Luís Semedo, aos 69, também inscreveram o nome na lista de marcadores da final, num encontro em que o triunfo `encarnado' nunca esteve em dúvida, tal a superioridade que demonstrou perante o rival austríaco.

Depois das desilusões de 2014, 2017 (derrota por 2-1 precisamente com o Salzburgo) e 2020, o Benfica levantou finalmente o troféu da UEFA Youth League, tornando-se na segunda equipa portuguesa a alcançar esse feito, depois do FC Porto (2019).

A `Champions' dos jovens tem mesmo sido dominada pelo futebol português, já que esta foi a terceira final consecutiva com um emblema luso, quatro nos últimos cinco anos.

O Benfica foi mesmo a primeira equipa a marcar seis golos na final, a mais desnivelada da história da competição.

Por isso mesmo, no Centro Desportivo de Colovray, em Nyon (Suíça), Martim Neto `imitou' o que já tinha feito nas meias-finais com a Juventus e inaugurou o marcador logo aos dois minutos, com um remate cruzado já dentro da área, após excelente jogada colectiva.

Foi um início de jogo devastador da equipa de Luís Castro, que, aos 15 minutos, elevou a vantagem, novamente com Martim Neto em destaque, desta vez a assistir para o primeiro tento de Henrique Araújo, que apareceu solto no coração da área.

O Benfica passava a ter a final no `bolso', perante um Salzburgo que ficou notoriamente desnorteado com os dois golos sofridos e que só começou a acertar o seu jogo nos minutos finais da primeira parte.

Nesta altura, entrou em cena André Gomes, guarda-redes de apenas 17 anos e herói nas meias-finais com a Juventus, quando defendeu dois penáltis no desempate, e, com três boas defesas, manteve a diferença no marcador até ao intervalo.

Na segunda parte, o Salzburgo ainda regressou ao relvado com a intenção de encostar o Benfica à sua defesa, mas o italiano Cher Ndour, num lance contra-ataque e com alguma sorte à mistura, colocou um fim a qualquer esperança dos austríacos.

A partir daí, com os jogadores da equipa austríaca de `rastos', o jogo passou a ser totalmente dos `encarnados', que foram construindo com facilidade a goleada até ao apito final.

Após grande jogada de Diego Moreira, Henrique Araújo, com muita frieza na concretização, `bisou', aos 57 minutos, e, aos 69, foi a fez de Luís Semedo inscrever o nome na história da partida.

Quando já se esperava o apito final do árbitro, Hugo Félix `ganhou' uma grande penalidade e Henrique Araújo aproveitou para chegar ao `hat-trick', reforçando o estatuto de melhor jogador da final.

Fernando Gomes elogia "brilhante conquista" do Benfica na UEFA Youth League

O presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), Fernando Gomes, enalteceu segunda-feira (25) a "brilhante conquista" do Benfica com o seu primeiro triunfo na UEFA Youth League, com goleada por 6-0 sobre os austríacos do Salzburgo.

"Felicito o SL Benfica pela brilhante conquista da UEFA Youth League, em que derrotou o Salzburgo de forma categórica. Na sua quarta participação na final da mais importante competição europeia de futebol de formação ao nível de clubes, o Benfica deu uma vez mais uma demonstração da excelência do trabalho feito na sua academia do Seixal, que tantos jogadores já ofereceu e continua a oferecer ao futebol nacional", elogiou o dirigente.

Fernando Gomes, que entregou aos `encarnados' o troféu no relvado, assistiu ao vivo ao êxito das `águias', consumado com golos de Martim Neto (02 minutos), Henrique Araújo (15, 57 e 89, este de grande penalidade), Cher Ndour (53) e Luís Semedo (69).

"A importância de apostar nas equipas B e ter espaços competitivos, como a Liga Revelação, adequados ao desenvolvimento do jovem talento, contribuem para um trajecto de afirmação e ganhador", vincou Fernando Gomes.

O presidente da federação fez, no fim da curta nota, um agradecimento a toda a estrutura do Benfica, "por mais uma vez terem prestigiado todo o futebol nacional".


Voltar a Golo


Voltar a Sol Português