CANTINHO DA POESIA


Beco sem saída

Por Luís Marcelino
Sol Português

Gaivota, linda gaivota
Que andas na vida perdida
Trocaste a tua rota
Por um beco sem saída

Voa gaivota linda
Dá asas às tuas asas
Primavera que não finda
Mas não espera se te atrasas

A Primavera da vida
Chega sempre antes do Verão
Deixa o beco sem saída
O mundo está na tua mão

Gaivota, linda gaivota
A vida não está perdida
Retoma a tua rota
Sai do beco sem saída


Voltar a Poesia


Voltar a Sol Português