1ª PÁGINA


Novos dados indicam que é preciso um salário anual de 220.000 dólares para comprar casa em Toronto e Vancouver

De acordo com um estudo feito pelo portal Ratehub.ca., é necessário ganhar mais de 220.000 dólares por ano para conseguir comprar casa em Toronto ou Vancouver dando como entrada um pagamento de 20%.

Embora o preço das casas tenha descido recentemente em mercados há muito sobreaquecidos, como estas duas cidades, ainda assim o rendimento anual necessário para suportar as prestações da compra do imóvel mantém-se elevado devido à aplicação das chamadas "taxas de stress", que são usadas pelos bancos para estes cálculos e que têm vindo a aumentar também devido à subida dos juros dos empréstimos habitação.

O Ratehub.ca refere que foram usados dados imobiliários de Março de 2022 e Junho de 2022 para fazer os cálculos para este estudo.

Os compradores em Toronto precisam de ganhar mais 15.750 dólares (+ 7%) por ano, em comparação com os mesmos cálculos feitos Março, enquanto que em Vancouver necessitsam ganhar mais 31.730 dólares (+ 16%) por ano.

Em todas as cidades do país, o rendimento anual necessário para comprar casa aumentou uma média de 18.000 dólares só nos últimos quatro meses.

A cidade de Vitória, na Colúmbia Britânica, viu o maior aumento em Junho, em comparação com o mês de Março, sendo agora necessário a quem compra ganhar mais 35.760 dólares (+ 23%) do que nos cálculos anteriores.

"O preço das casas vai ter de descer significativamente para neutralizar o efeito que as taxas de juros mais altas dos empréstimos de habitação têm no teste de stress", refere o co-director executivo do Ratehub.ca, James Laird, em comunicado.

"A menos que isso aconteça, a acessibilidade habitacional vai continuar a ser significativamente afectada pelo actual ambiente de taxas de juro galopantes", acrescentou.

A rápida subida dos juros levaram a uma quebra no preço das casas nos últimos meses, com o preço médio a descer 1,9% em Junho em relação ao mês anterior, de acordo com a Canadian Real Estate Association (CREA).

Em Junho, observou-se a terceira descida consecutiva dos preços e a maior queda mensal desde 2005.

O economista Robert Kavcic, da BMO Capital Markets, disse numa nota datada de 15 de Julho que a recente decisão do Banco do Canadá de aumentar a sua taxa de juros de referência em um ponto percentual está a preparar o terreno para uma correcção do mercado imobiliário ainda mais acentuada em 2023.

Na sua avaliação, o aumento, que levou os bancos comerciais a aumentarem também as suas taxas de juro, torna mais difícil aos actuais compradores qualificarem-se para uma hipoteca, seguindo as regras do teste de stress.

Este teste define a taxa de qualificação para a obtenção de empréstimos de habitação (hipotecas) sem seguro em dois pontos percentuais acima da taxa do contrato, ou um mínimo de 5,25%.

Na última semana, os principais bancos do Canadá – Bank of Montreal, CIBC, RBC, Scotiabank, TD Bank e National Bank – aumentaram as suas taxas de juro base em um ponto percentual, para 4,70%, em resposta ao aumento decretado pelo banco central.

As taxas de juros fixas para empréstimos calculados a cinco anos continuam a pairar em torno, ou ligeiramente acima, dos 5%.


Voltar a Sol Português