1ª PÁGINA


First Portuguese Canadian Cultural Centre:

66 anos de história e cultura portuguesa

Por Rómulo Ávila

Sol Português

A 23 de Setembro de 1956 nascia em Toronto o First Portuguese Canadian Cultural Centre (FPCCC), colectividade que, volvidas mais de seis décadas, continua a acreditar "que as pessoas precisam de espaços e programas para se unirem e construir comunidade dentro e ao redor de onde vivem".

No último sábado (24), os seus sócios e simpatizantes reuniram-se num jantar e festa para assinalar 66 anos de história, de vivências e de dificuldades ultrapassadas.

Desde logo a presidente da organização, Carina Paradela, tinha um anúncio importante a fazer à plateia: "a partir de 1 de Outubro deste ano estão reunidas as condições para voltarmos ao espaço de onde tivemos de sair por não termos tido, na altura, disponibilidade financeira. Agora, já em Outubro, voltamos ao nosso salão, ao nosso espaço e queremos contar com todos", destacou.

O anúncio foi recebido com muita alegria na sala e Carina Paradela, no seu jeito simples mas muito emocionada, dirigiu-se e agradeceu a todos os sócios, colaboradores e a todas as entidades que "fazem com que a chama do FPCCC continue bem viva".

A dirigente afirmou ainda que "foi dada uma reviravolta na vida da colectividade, quer em termos financeiros, quer em termos organizacionais", assumindo também que o passado foi complicado e existiram algumas horas difíceis.

No Canadá há mais de 15 anos, Carina Paradela, que é auxiliar de educação na Direcção Escolar de Toronto, referiu-se ao trabalho que tem sido feito por uma equipa jovem mas que "sente Portugal nas veias" afirmando: "queremos continuar e queremos fazer mais".

Presente nesta celebração esteve a deputada federal por Davenport, Julie Dzerowicz, frisando que a sua presença se deveu ao facto "do First ser um pilar importante para a cultura e para a língua portuguesa".

No seu discurso, feito totalmente em português, a deputada agradeceu o trabalho feito pela colectividade e pela comunidade portuguesa.

"Os portugueses sempre deram força ao Canadá" pelo que, "se somos grandes, também devemos ao povo de todo o Portugal", concretizou Julie Dzerowicz, antes de entregar um diploma de mérito ao FPCCC.

Aurianne Fazendeiro, vice-presidente da colectividade, fechou a noite em termos de discursos insistindo que o "trabalho do First vai continuar" e que "o FPCCC está bem e recomenda-se".

Recorde-se, destacou, que "o First Portuguese Canadian Cultural Centre, localizado no número 60 da Caledonia Road, tem um dos principais focos na educação".

Além de "dezenas de actividades culturais anuais", como realçou, "disponibiliza aulas de inglês para adultos, dispõe de uma escola de português para crianças e adultos, além de um centro de dia para idosos e um jardim de infância, entre outros serviços".


Voltar a Sol Português