1ª PÁGINA


Concurso de Cantores:

Mais uma voz portuguesa apurada para as semifinais

Por João Vicente
Sol Português

Prestes a terminar a fase de qualificação do Concurso de Cantores com John Santos (SCJS na sigla em inglês), a penúltima ronda de apuramento, realizada na pretérita quarta-feira (22) na Casa do Alentejo de Toronto (CAT), resultou na selecção de mais uma voz portuguesa para as semifinais.

Embora se mostrasse cansada e com pouca vontade de se alongar, Isabela Antunes indicou ter-se sentido "muito bem em palco" e que foi para si uma experiência "gratificante" poder actuar frente àquela assistência.

A jovem luso-canadiana diz que sempre cantou e foi através do pai que ouviu falar neste concurso, por isso tomou a iniciativa de se inscrever com o intuito de "ganhar experiência e dar algo a sentir" ao público.

Houve claramente quem assim sentisse já que a concorrente foi seleccionada por votação conjunta dos espectadores e do júri para passar às semifinais juntamente com a colega Mia Baron, ambas no escalão juvenil, ela com a canção "One and Only", da cantora Adele, e a colega com um tema dos Jackson 5, "Who's Loving You".

Tal como na prova anterior desta que é já a 14.ª edição do concurso houve um ajuste no número de concorrentes que passaria às semifinais, sendo dado ao júri a oportunidade de escolher nessa noite uma terceira concorrente juvenil.

A escolha recaiu sobre Loren Aronov, que participou nesta competição com o tema "River Deep, Mountain High", popularizado originalmente por Ike e Tina Turner, e, mais recentemente, por Céline Dion.

O luso-italo-canadiano Joe Woods, que foi vencedor da 8.ª edição deste concurso na categoria de adultos e que nessa noite contribuiu para esta decisão juntamente com os colegas do júri – Valter Barberini, Patrick Albernaz, Trevor Shelton e Anthony Wright – explica o processo pelo qual analisa os concorrentes.

Como refere, o objectivo é seleccionar os que têm mais potencial, não só em termos vocais mas também noutros aspectos, como presença em palco e personalidade, para que se promovam os concorrentes mais comercialmente viáveis.

"Temos de perguntar a nós mesmos: `consigo ver esta pessoa a esgotar um estádio ou a conseguir que o público venha ver o seu espectáculo e fazer disso carreira?'", explica, indicando que sente por isso algum nervosismo, mas mostrando-se confiante de que passaram à próxima fase "os concorrentes certos".

"Sinceramente, é tão enervante estar deste lado como estar em palco", refere, adiantando que "não nos apercebemos do que passam os jurados até sermos um e, especialmente nesta noite em que toda a gente teve tão bom desempenho, a decisão foi realmente difícil".

Para além dos concorrentes juvenis foram também escolhidas em conjunto pelo júri e pelo público duas semifinalistas para o escalão de adultos, nomeadamente Justine Fong, que interpretou "Summer of 69", do cantor Bryan Adams, e Janiah Hines Brown, que interpretou "Wide Awake", da artista Katy Perry, cabendo ainda ao júri "repescar" uma terceira, escolha que recaiu sobre Alessia Scanga graças à sua interpretação do tema de Amy Winehouse, "You know I'm No Good".

Menção especial para Kendrick Niyonkuru, que impressionou com "Count on Me", de Bruno Mars, embora a boa prestação e a calorosa recepção do público não se tenham traduzido em votos suficientes para figurar entre os concorrentes que passam à próxima fase.

Tal como ele, poderão apresentar-se na última sessão de qualificação, que se realiza a 12 de Fevereiro na CAT, os restantes concorrentes que não se conseguiram qualificar nesta nem nas rondas anteriores – e que nesta penúltima prova incluíram Mikaela Amaral, Savanna Tarditti, Crizadhel Rafols e Cassie Acevedo (juvenis), e Alicia Noel, Ayesha Awuni e Sarah McLennan (adultos).

Como já vem sendo hábito, coube a Marisa Oliveira, da SCJS TV, entrevistar os concorrentes juvenis e adultos, mas o júri também teve uma palavra a dizer, não só em forma de perguntas como de conselhos que os poderão ajudar a chegar mais longe.

Para acompanharam a contagem dos votos, foram escolhidas ao acaso duas pessoas da plateia, as quais foram agraciadas com vários brindes dos patrocinadores do concurso.

Além de assistir ao vivo, o público pode acompanhar o SCJS nas redes sociais e ver as rondas anteriores em várias plataformas, incluindo o portal thesingingcontest.com, a página facebook.com/TheSingingContest e o canal TheSingingContest1 no YouTube, onde transmite em directo, assim como na aplicação GoLive TV.

Após as semifinais, que terão lugar a 29 de Fevereiro e 7 de Março na Casa do Alentejo de Toronto, a grande final da 14.ª edição do SCJS vai decorrer no Centro de Convenções Pearson, em Brampton, no dia 25 de Abril.


Voltar a Sol Português